Escolha as suas informações

Taxa de desemprego manteve-se nos 4,8% em setembro
Economia 2 min. 20.10.2022
ADEM

Taxa de desemprego manteve-se nos 4,8% em setembro

ADEM

Taxa de desemprego manteve-se nos 4,8% em setembro

Foto: Anouk Antony
Economia 2 min. 20.10.2022
ADEM

Taxa de desemprego manteve-se nos 4,8% em setembro

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
O número de residentes candidatos a emprego registados na agência de emprego estatal era de 14,133 a 30 de setembro 2022, um valor também semelhante ao de agosto.

A taxa de desemprego no Luxemburgo fixou-se nos 4,8% em setembro, uma percentagem idêntica à do mês anterior, indicam os dados divulgados esta quinta-feira pela Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM).


Nunca houve tanta falta de trabalhadores no Luxemburgo
As empresas luxemburguesas têm registado números recorde de ofertas de emprego em 2022.

Já o número de desempregados registados na agência de emprego estatal era de 14,133 a 30 de setembro 2022, um valor também semelhante ao de agosto, refere o mesmo organismo num comunicado. 

Face a setembro de 2021, há uma diminuição do número de candidatos a um emprego (menos 1.508),  correspondente a menos 9,6%.

Segundo a ADEM, o número de pessoas que procura emprego há mais de seis meses desceu. Houve ainda uma quebra de 16,8% no número de candidatos inscritos há mais de sete meses e menos de 11 meses e uma diminuição de 20,2% para inscritos há 12 meses ou mais.

Novos registos voltam a subir

Apesar da diminuição de candidatos face a setembro do ano passado, o número de novos registos cresceu comparando os dois períodos. 

"De facto, 2.952 residentes registaram-se na ADEM durante o mês de setembro de 2022, um aumento de 147 pessoas ou de 5,2% em relação a setembro 2021", refere o organismo de emprego que destaca que os novos registos "incluem 139 registos de beneficiários de proteção temporária (refugiados da Ucrânia)". 

Por outro lado, o número de residentes à procura de emprego que recebem o subsídio de desemprego total diminuiu para 6.999, numa base anual, o que corresponde a menos 10,5% ou menos 820 pessoas nesta situação.

Em setembro deste ano, o número de candidatos beneficiários de algum tipo de apoio fixou-se nos 4.133, menos 7,7%  do que sem setembro de 2021 (menos 346 pessoas). 

Ofertas de emprego crescem 24,5% num ano 

Por outro lado, houve também uma descida na oferta de vagas pelos empregadores. Durante o mês de setembro de 2022, foram reportadas 3.633 ofertas de emprego à ADEM, "um decréscimo de 15,5% em relação a setembro de 2021". 

Apesar dessa descida, o saldo total no espaço de um ano aumentou. Assim, a 30 de setembro, existiam 13.332 postos de trabalho disponíveis na agência pública, o que significa um crescimento anual de 24,5%.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas