Escolha as suas informações

TAP vai encerrar operações de manutenção e engenharia no Brasil
Economia 2 min. 12.01.2022
Aviação

TAP vai encerrar operações de manutenção e engenharia no Brasil

Aviação

TAP vai encerrar operações de manutenção e engenharia no Brasil

Foto: Lusa
Economia 2 min. 12.01.2022
Aviação

TAP vai encerrar operações de manutenção e engenharia no Brasil

Lusa
Lusa
A venda deste ativo no Brasil foi uma das exigências da Comissão Europeia para aprovar a ajuda estatal de 2.550 milhões de euros à companhia aérea portuguesa.

O Grupo TAP decidiu encerrar as operações de Manutenção e Engenharia Brasil (TAP ME), como parte do plano de reestruturação aprovado por Bruxelas em dezembro, disse esta quarta-feira à Lusa a presidente executiva da companhia aérea, Christine Ourmières-Widener.

"Depois de uma análise aprofundada e muitos estudos, a TAP decidiu fechar a Manutenção & Engenharia no Brasil e encerrar de forma gradual a operação no Brasil e hoje vamos discutir com os trabalhadores, claro, que são a principal prioridade, mas também discutir com os nossos clientes", anunciou Ourmières-Widener.


Rui Rio diz que "a TAP é uma vergonha" e quer reprivatizá-la
Presidente do PSD considerou que a empresa tem sido "um sugadouro" de dinheiro, "não faz serviço público nenhum, só serve o aeroporto de Lisboa".

A Comissão Europeia informou em 21 de dezembro que aprovou o plano de reestruturação da TAP e a ajuda estatal de 2.550 milhões de euros, mas impôs condições, incluindo a separação dos ativos não-essenciais, nomeadamente o negócio de manutenção no Brasil, e os de 'catering' (Cateringpor) e de 'handling' (Groundforce).

De acordo com um comunicado enviado pela TAP, a medida "não interfere na operação de transporte aéreo de passageiros da companhia no país, seu principal mercado exterior", lembrando que "o Brasil representa entre 25% e 30% da receita" do grupo TAP.

Na mesma nota, o grupo explicou que "os serviços de manutenção referentes a aeronaves já contratados e/ou em andamento serão realizados normalmente, de acordo com os contratos entre a TAP ME e seus clientes" e que a empresa "não aceitará novos pedidos para prestação de serviços de manutenção".

Desta forma, a TAP ME encerrará as suas atividades "somente a partir da conclusão dos serviços de manutenção em andamento ou daqueles já contratados", garantiu a transportadora.


Governo português injeta 536 milhões na TAP através de aumento de capital
Ministério das Finanças indicou ainda que ao longo do ano de 2022 poderão ser feitas novas injeções de capital, respeitando o limite máximo autorizado pela Comissão Europeia e de acordo com o Plano de Reestruturação para 2022.

Em entrevista à Lusa, Christine Ourmières-Widener disse que encerrar o negócio de engenharia e manutenção no Brasil “não é uma decisão fácil”, porque envolve 500 trabalhadores, mas foi tomada após tentativas falhadas de venda.

“Não é uma decisão fácil, porque estamos a falar de pessoas, mas estamos a tentar fazer tudo para garantir que esta decisão e a sua implementação é feita respeitando os nossos trabalhadores, a experiência que eles têm em engenharia e toda a lealdade que têm para com a companhia”, afirmou.

Segundo a responsável, a Manutenção & Engenharia Brasil (ex-VEM – Varig Engenharia e Manutenção) tem atualmente 500 trabalhadores, após várias reestruturações que incluíram despedimentos, dos quais pouco menos de 400 estão no ativo.

Alvo de várias reestruturações com despedimentos, a última das quais em 2018, a M&E Brasil recebeu da TAP, globalmente, entre 2010 e 2017, injeções financeiras num total de 538 milhões de euros, a valores nominais, sendo que em 2018 foram feitas transferências de 30 milhões de euros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas