Escolha as suas informações

Supervisor financeiro denuncia duas empresas que alegam operar a partir do Luxemburgo
Economia 16.08.2019

Supervisor financeiro denuncia duas empresas que alegam operar a partir do Luxemburgo

Supervisor financeiro denuncia duas empresas que alegam operar a partir do Luxemburgo

Foto: Anouk Antony
Economia 16.08.2019

Supervisor financeiro denuncia duas empresas que alegam operar a partir do Luxemburgo

A Comissão de Supervisão do Setor Financeiro (CSSF) alerta o público para as atividades de duas empresas desconhecidas no Luxemburgo, que alegadamente operam no setor financeiro sem licenciamento.

No espaço de três dias, a CSSF emitiu dois alertas semelhantes. O aviso desta sexta-feira dá conta das atividades de uma entidade com o nome Webnet, com suposta morada na cidade do Luxemburgo.

A comissão de supervisão informa, através de um comunicado, que esta entidade “é desconhecida e não dispõe de certificação para a prestação de serviços de investimento e outros serviços financeiros a partir do Luxemburgo”.

Já na terça-feira, a CSSF alertou para as atividades da entidade Cryptominingoptionsignal, que alega no seu site “ter licença para operar no Luxemburgo”.

A Comissão de Supervisão do Setor Financeiro informa também que esta entidade é desconhecida e que não está registada no Luxemburgo para prestar serviços no setor financeiro.

HB


Notícias relacionadas

STATEC: Emprego no sector financeiro cresce 3,1%
A praça financeira luxemburguesa emprega atualmente 46.800 pessoas, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (STATEC), referentes ao primeiro trimestre deste ano. O número traduz um crescimento de 3,1%, face a igual período de 2016.