Escolha as suas informações

Statec: Taxa de inflação desceu para 1,5% em novembro

Statec: Taxa de inflação desceu para 1,5% em novembro

Foto: AFP
Economia 06.12.2017

Statec: Taxa de inflação desceu para 1,5% em novembro

A taxa de inflação desceu para 1,5% em novembro. A redução foi de 0,3% face ao mês anterior. De acordo com o Statec, a baixa deve-se sobretudo à redução da fatura das creches.

A taxa de inflação desceu para 1,5% em novembro. A redução foi de 0,3% face ao mês anterior. De acordo com o Statec, a baixa deve-se sobretudo à redução da fatura das creches.

A contrabalançar este efeito na taxa de inflação esteve o aumento dos preços dos combustíveis, que aumentou 3% em novembro. Assim, os automobilistas pagaram mais 4,4% para encher o depósito de gasolina do que em outubro.

A redução da inflação já era esperada, uma vez que entraram em vigor novas regras para os cheques-serviço acolhimento, que reduzem os valores pagos pelos pais pelas creches e foyer. A reforma – que aumenta a parte comparticipada pelo Estado - faz com que os preços desçam, em média, 18,5%.

Por outro lado, os preços das viagens e das comunicações também contribuíram para a tendência descendente da taxa de inflação.

No sentido ascendente, e além do preço do petróleo, o valor das rendas, dos carros, artigos de higiene e de vestuário masculino também tiveram uma palavra a dizer para compensar a quebra dos preços.


Notícias relacionadas

Inflação sobe para 1,6% em agosto
A taxa de inflação no Luxemburgo subiu para 1,6% em agosto, face a julho. De acordo com os dados do Statec, o fim dos saldos e a indexação ditaram a subida dos preços.
Statec: Inflação desce para 1,4% em dezembro
A taxa de inflação desceu em dezembro do ano passado para 1,4%, face aos 1,5% de novembro. De acordo com o gabinete de estatística luxemburguês, a queda ficou a deve-se sobretudo ao recuo dos preços do petróleo.
No Luxemburgo: Baixa nos preços afasta aumento salarial
Pela primeira vez desde Julho de 2009, a taxa de inflação no Luxemburgo foi negativa no mês de Dezembro. Os dados foram hoje publicados pelo STATEC,  e a confirmar-se a tendência o aumento dos salários, através da indexação automática, não deverá ocorrer este ano.