Escolha as suas informações

STATEC: Economia luxemburguesa cresce 4,2%
Economia 31.03.2017

STATEC: Economia luxemburguesa cresce 4,2%

STATEC: Economia luxemburguesa cresce 4,2%

Foto: Marc Wilwert
Economia 31.03.2017

STATEC: Economia luxemburguesa cresce 4,2%

A economia luxemburguesa cresceu 4,2% no ano passado. E não foi só a procura interna o motor do crescimento: de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas do Luxemburgo (STATEC) houve um equilíbrio maior entre a procura interna e externa.

A economia luxemburguesa cresceu 4,2% no ano passado. E não foi só a procura interna o motor do crescimento: de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas do Luxemburgo (STATEC) houve um equilíbrio maior entre a procura interna e externa.

As boas notícias não ficam por aqui, a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) dos anos anteriores foi revista em alta. Assim, em 2014, em vez de ter crescido 4,7%, a economia avançou 5,6%.

Em 2015, o cenário macroeconómico também foi revisto em alta: de 3,5%, para 4%.

Estes valores ficaram a dever-se ao aumento do consumo público e também das famílias, bem como ao setor dos serviços.

No quarto trimestre especificamente, a economia cresceu 3,6% por comparação com o mesmo período de 2015.

Os maiores contributos vieram do investimento e do comércio externo, que foi motivado por um aumento das exportações de serviços não-financeiros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Economia luxemburguesa estagna no segundo trimestre
A economia luxemburguesa estagnou no segundo trimestre face aos primeiros três meses do ano. Mas as notícias menos positivas não se ficam por aqui. Em 2017, a economia teve uma performance ainda mais baixa do que o previsto. Afinal, a economia não cresceu 2,3%; só avançou 1,5%.
Em 2015: Falências aumentaram no Luxemburgo
O número tinha sido avançado em Janeiro pela instituição alemã Creditreform mas, só agora, foi oficialmente confirmado pela Secretária de Estado da Economia, Francine Closener. No ano passado, 873 empresas declararam falência no Luxemburgo, um aumento de 3,3% face a 2014.