Escolha as suas informações

Resultados: Lucros da Ryanair sobem 43% para os 1,2 mil milhões de euros
A empresa anunciou na semana passada que vai passar a voar do Luxemburgo para o Porto e para Londres a partir de Setembro deste ano

Resultados: Lucros da Ryanair sobem 43% para os 1,2 mil milhões de euros

Foto: Lex Kleren
A empresa anunciou na semana passada que vai passar a voar do Luxemburgo para o Porto e para Londres a partir de Setembro deste ano
Economia 23.05.2016

Resultados: Lucros da Ryanair sobem 43% para os 1,2 mil milhões de euros

A companhia aérea Ryanair teve um lucro de 1,2 mil milhões de euros no exercício terminado a 31 de Março de 2016, o que representa uma subida de 43% face ao exercício anterior. A empresa anunciou na semana passada que vai passar a voar do Luxemburgo para o Porto e para Londres a partir de Setembro deste ano.

A companhia aérea Ryanair teve um lucro de 1,2 mil milhões de euros no exercício terminado a 31 de Março de 2016, o que representa uma subida de 43% face ao exercício anterior. A empresa anunciou na semana passada que vai passar a voar do Luxemburgo para o Porto e para Londres a partir de Setembro deste ano.

O número de clientes aumentou 18% para os 106,4 milhões e o volume de negócios subiu 16%, para os 6,5 mil milhões de euros. A Ryanair explica que o aumento foi sustentado ao longo dos quatro trimestres e que há cada vez mais novos passageiros atraídos pelos preços mais baixos. A companhia aérea adianta ainda que o preço dos bilhetes desceu 1%: um bilhete custa agora, em média, 46,67 euros.

Os ataques terroristas em Bruxelas e em Paris foram responsáveis pelo cancelamento de cerca de 500 voos e as greves dos sindicatos em Itália, Grécia, Bélgica e França provocaram mais de 200 cancelamentos.

No ano passado, a Ryanair anunciou sete novas bases (Belfast, Berlim, Corfu, Gotemburgo, Ibiza, Milão e Santiago) e para este exercício estão previstas mais sete (Bucareste, Hamburgo, Nuremberga, Praga, Sofia, Timisoara e Vilnius).

Para o próximo ano, a Ryanair faz uma previsão mais cautelosa dos lucros. A empresa espera uma subida de 13%, para um intervalo entre os 1,8 mil milhões e os 1,4 mil milhões de euros.

Relativamente à possibilidade de o Reino Unido poder sair da União Europeia, a Ryanair afirma que “as prespectivas de crescimento da economia britânica são mais fortes se se mantiver dentro da UE”. A companhia aérea assume, aliás, estar a fazer campanha pela manutenção do país dentro da Europa a 28, no referendo do próximo 23 de Junho. “Se o Reino Unido deixar a UE, isso vai prejudicar o crescimento económico e a confiança dos consumidores no pais nos próximos dois ou três anos”, afirma a empresa em comunicado.


Notícias relacionadas