Escolha as suas informações

Restaurantes fecham, mas podem continuar a fazer entregas ao domicílio e take away
Economia 24.11.2020 Do nosso arquivo online

Restaurantes fecham, mas podem continuar a fazer entregas ao domicílio e take away

Restaurantes fecham, mas podem continuar a fazer entregas ao domicílio e take away

Foto: Lex Kleren/Luxemburger Wort
Economia 24.11.2020 Do nosso arquivo online

Restaurantes fecham, mas podem continuar a fazer entregas ao domicílio e take away

Diana ALVES
Diana ALVES
Cafés e restaurantes estão entre os locais públicos que a partir de quinta-feira vão voltar a fechar as portas, devido à pandemia da covid-19.

Cafés e restaurantes estão entre os locais públicos que a partir de quinta-feira vão voltar a fechar portas, devido à pandemia da covid-19. Depois de o primeiro-ministro, Xavier Bettel, ter confirmado que as novas restrições vão a votos no Parlamento, a federação da Horesca divulgou uma curta nota no seu site a lembrar que, apesar de terem de fechar ao público, os estabelecimentos poderão continuar a fazer entregas ao domicílio ou take away, uma forma de continuarem a funcionar, ainda que parcialmente.

Segundo uma sondagem realizada no início do mês pela Horesca, que inquiriu mais de 400 pessoas, cerca de 39% dos clientes de restaurantes encara o serviço de take away como uma alternativa à situação pandémica atual, enquanto 31% considera que não.

A sondagem mostrou também que 21,4% dos sondados só encomendam comida se o restaurante fizer entregas ao domicílio, ao passo que 8,4% gostaria de recorrer ao serviço se ele estivesse disponível na sua região de residência. 

Note-se que, para os restaurantes que não dispõem dos meios para fazer entregas ao domicílio – carros, condutores, etc. –, há várias plataformas no país que asseguram esse serviço, mediante o pagamento de uma taxa, por exemplo o WeDely.


Saiba todas as restrições que vão ser impostas a partir de quinta-feira
Xavier Bettel anunciou que o país vai entrar em confinamento parcial já a partir de quinta-feira. Saiba o que está na calha.

O encerramento de cafés e restaurantes é uma das novas medidas de luta contra o coronavírus contemplada no projeto de lei que vai a votos esta quarta-feira. Se o texto for aprovado, os setores da Horesca, cultura e desporto ficarão a funcionar a meio gás até ao próximo dia 15 de dezembro.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas