Escolha as suas informações

Residentes desempregados que recebem subsídio aumentaram 29,8%
Economia 20.10.2020

Residentes desempregados que recebem subsídio aumentaram 29,8%

Residentes desempregados que recebem subsídio aumentaram 29,8%

Foto: Lex Kleren
Economia 20.10.2020

Residentes desempregados que recebem subsídio aumentaram 29,8%

Há, pelo menos, 17.875 residentes no Luxemburgo no desemprego, segundo os dados revelados esta terça-feira pelo Statec.

Nos últimos cinco meses, o registo de candidatos a emprego residentes diminuíram 12% em comparação igual mesmo período do ano passado mas o número de desempregados residentes que recebem o subsídio de desemprego aumentou 29,8%.

A 30 de setembro, o número de residentes candidatos a emprego registados na Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM, na sigla francesa) era de 17.875. Em comparação com agosto, isto representa uma diminuição de 650 pessoas (-3,5%) e de 2378 (-11,7%) em relação a abril, durante o confinamento, quando vários setores da economia foram duramente afetados.

Contudo, se essa comparação for anual, o número de candidatos sobe para 21,7%. Apesar das variações sazonais, a taxa de desemprego calculada pelo Statec é de 6,3%, menos 0,7% do que os 7% de abril.

Segundo o Instituto de Estatística luxemburguês, em setembro foram 2.995 os residentes que se registaram na ADEM, menos de 117 pessoas (3,8%) em comparação com setembro de 2019. Este aumento em comparação com período homólogo deve-se, de acordo com a ADEM, à diminuição da oferta de emprego.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Número de desempregados aumenta 0,5% num ano
O número de desempregados está em alta. A subida de 0,5% num ano poderá dever-se, segundo a Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM), às novas regras do Rendimento de Inclusão Social (REVIS).