Escolha as suas informações

Rendas no Luxemburgo são as mais caras da Europa
Economia 13.07.2020

Rendas no Luxemburgo são as mais caras da Europa

Rendas no Luxemburgo são as mais caras da Europa

Photo: Shutterstock
Economia 13.07.2020

Rendas no Luxemburgo são as mais caras da Europa

Arrendar um apartamento na cidade do Luxemburgo chega a ser praticamente o dobro do que arrendar em Londres. No ranking, onde até Differdange está à frente de Bruxelas,

sUm relatório do conselho internacional Deloitte coloca a cidade do Luxemburgo no topo da lista das cidades mais caras para inquilinos na Europa. Analisados em 23 países e 63 cidades, os resultados não deixam margem para dúvida. Arrendar um apartamento na cidade do Luxemburgo chega a ser praticamente o dobro do que arrendar em Londres. 

Com as rendas calculadas com o metro quadrado acima dos 30 euros, o Luxemburgo também supera Paris (28,3/m²), Oslo (25,8/m²) e Dublin (25/m²). Embora o preço por metro quadrado no centro da capital britânica esteja avaliado em 27 euros, basta sair da cidade para encontrar rendas calculadas com 12 euros por m2. 

Num duplo recorde, a capital também cobra as maiores rendas da Europa em apartamentos novos, com 7.145 euros / m2. A título de comparação, a média francesa é de 4.523 euros/m2.

Ainda assim, se considerarmos cada cidade, Paris continua a ser a cidade mais cara a comprar com uma média de 12,863 euros / m2, em comparação com os 9,565 euros / m2 do Luxemburgo. 

Arredores também estão acima da média 

Com os preços da habitação no país a disparar em média, até 11% entre 2018 e 2019, as rendas praticadas nas cidades mais próximas da capital também ficam à frente das que são praticadas em várias capitais europeias. Lado lado com Amsterdão e Copenhaga, Esch-sur-Alzette e Differdange estão no top das 10 cidades mais caras para os inquilinos. 

Esch (21,8 euros/m²) e Differdange (20 euros/m²) são mais caras por metro quadrado do que Bruxelas (11,8), e mesmo duas vezes mais caras do que Viena (9,9) ou Berlim (9,1). 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Apartamentos aumentaram 12% no último ano
Dados do Grupo atHome revelam que a média da renda para um apartamento é de 1.520 euros, enquanto para uma casa se situa nos 2.892 euros, tendo subido 10%. O aumento nos preços para compra de apartamentos e de casas chegou a 12 e 11%, respetivamente.
Comprar um apartamento na capital está 66% mais caro
Comprar um apartamento na cidade do Luxemburgo está mais caro. É uma constatação quase de senso comum hoje em dia, mas o instituto luxemburguês de investigação socio-económica (Liser) quantificou o aumento concreto dos preços nos últimos anos. O veredito é o de que os preços para comprar um apartamento na capital do país dispararam 66,1% entre 2008 e 2017.
European institutions buildings Court of Auditors, Court of Justice, European Investment Bank and European Parliament - Luxembourg city