Escolha as suas informações

Quase 10% dos trabalhadores no Luxemburgo têm contrato temporário
Economia 21.11.2019

Quase 10% dos trabalhadores no Luxemburgo têm contrato temporário

Quase 10% dos trabalhadores no Luxemburgo têm contrato temporário

Foto: Getty Images
Economia 21.11.2019

Quase 10% dos trabalhadores no Luxemburgo têm contrato temporário

O trabalho temporário é mais comum entre as mulheres (14,2%) do que entre os homens (13,2%).

Menos de 10% dos trabalhadores no Luxemburgo têm um contrato de trabalho temporário. O valor fica abaixo da média da União Europeia (UE), de 13,6%. Portugal tem a terceira taxa mais elevada do bloco dos 28, em que 21% dos trabalhadores têm contratos de trabalho temporários.

Os dados, que se referem ao segundo trimestre de 2019, revelam que havia 26 milhões de trabalhadores com idades entre os 15 e os 64 anos com aquele tipo de contrato na UE. O trabalho temporário é mais comum entre as mulheres (14,2%) do que entre os homens (13,2%).

Entre os países onde as empresas mais recorrem àquele tipo de contrato estão Espanha (26,4%), Polónia e Portugal. Entre aqueles, que menos contratos temporários têm, estão a Roménia e a Lituânia (1,5%).

Os mais afetados por este tipo de trabalho são os mais jovens. Na UE, quase oito milhões de empregados entre os 15 e os 24 anos tinham um contrato temporário, o que equivale a quase metade dos trabalhadores mais jovens (42,8%). Apenas 11,6% dos empregados entre os 25 e os 54 anos tinham aquele tipo de vínculo laboral, percentagem que desce para os 6,5% no caso daqueles que têm entre 55 e 64 anos.


Notícias relacionadas

Trabalho temporário quase triplica no Luxemburgo
A Câmara dos Assalariados avaliou o trabalho temporário no país. Os chamados CDI estão em maioria, mas o trabalho temporário disparou. Quem tem um emprego temporário ganha menos e enfrenta um risco maior de cair na pobreza.
Diretores trabalham mais vezes a partir de casa
Cerca de 21% dos trabalhadores assalariados trabalham a partir de sua casa no Luxemburgo. E quem é que o faz com maior frequência? Os diretores, gerentes e trabalhadores de profissões científico-intelectuais.
9% dos trabalhadores têm contrato a termo no Luxemburgo
No Luxemburgo, 9% dos trabalhadores entre os 15 e os 64 anos tinham um contrato a termo certo no ano passado. Esta é a décima taxa mais baixa entre os países da União Europeia (UE) e fica muito abaixo da média, que é de 14,3%.