Escolha as suas informações

Presidência do Eurogrupo: Centeno versus Gramegna?
Economia 07.11.2017 Do nosso arquivo online

Presidência do Eurogrupo: Centeno versus Gramegna?

Presidência do Eurogrupo: Centeno versus Gramegna?

Foto: Pierre Matgé
Economia 07.11.2017 Do nosso arquivo online

Presidência do Eurogrupo: Centeno versus Gramegna?

O nome do futuro presidente do Eurogrupo é ainda uma incógnita, mas há já nomes a circular como prováveis candidatos. Um dos mais falados é do ministro das Finanças português, Mário Centeno. Mas o jornal Financial Times avança outro nome que se perfila como um sério concorrente: o do ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna.

O nome do futuro presidente do Eurogrupo é ainda uma incógnita, mas há já nomes a circular como prováveis candidatos. Um dos mais falados é do ministro das Finanças português, Mário Centeno. Mas o jornal Financial Times avança outro nome que se perfila como um sério concorrente: o do ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna.

A favor do titular da pasta das Finanças do Grão-Ducado está o facto de agradar a países como a Alemanha. Contra está mesmo o facto de vir do Luxemburgo, um país pequeno que já tem o seu ex-primeiro-ministro, Jean-Claude Juncker, a liderar a Comissão europeia.

Por sua vez, a favor de Centeno está o facto de vir de um país do sul da Europa, e de ser da ala socialista. Espanha já veio dizer que apoiará uma eventual candidatura de Mário Centeno se o ministro das Finanças português decidir concorrer ao cargo de presidente do Eurogrupo. A garantia foi dada pelo ministro da Economia espanhol, Luis de Guindos, numa conferência de imprensa à margem de uma reunião de ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin). O holandês Jeroen Dijsselbloem vai sair da presidência do Eurogrupo após dois mandatos.

Os candidatos devem apresentar-se formalmente até ao final de novembro, para que as eleições ocorram em dezembro.


Notícias relacionadas

Mário Centeno assume hoje a liderança do Eurogrupo
O ministro das Finanças português, Mário Centeno, assume hoje a liderança do Eurogrupo numa cerimónia na embaixada de Portugal em Paris, decorrendo no dia 22 a primeira reunião daquele fórum sob a sua presidência.
Mário Centeno sucede a Jeroen Dijsselbloem, à direita.
Eurogrupo terá duelo entre Gramegna e Centeno
O ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna, vai candidatar-se à presidência do Eurogrupo, concorrendo assim contra o homólogo português, Mário Centeno. Na corrida estão mais dois ministros: a letã Dana Reizniece-Ozola e o eslovaco Peter Kazimir. Segunda-feira será feita a eleição.
O senhor que se segue no Eurogrupo
Com o holandês Jeoren Dijsselbloem de saída do Eurogrupo, está aberta a corrida ao lugar da presidência deste organismo europeu. Saiba quem são os nomes mais falados, e quais são os seus pontos fortes e fracos.