Escolha as suas informações

Preços subiram 45% nos últimos 17 anos no Luxemburgo

Preços subiram 45% nos últimos 17 anos no Luxemburgo

Foto: AFP
Economia 03.09.2018

Preços subiram 45% nos últimos 17 anos no Luxemburgo

Os preços subiram 45% no Luxemburgo nos últimos 17 anos. De acordo com os dados do Eurostat, aquele valor fica acima da média europeia que foi de 36%para o período entre 2000 e 2017. O gabinete de estatística tem conta vários produtos e serviços, entre os quais os restaurantes e hoteis, bebidas alcoólicas e tabaco, serviços de educação e saúde, a casa, entre outros.

Os preços subiram 45% no Luxemburgo nos últimos 17 anos. De acordo com os dados Eurostat, aquele valor fica acima da média europeia que foi de 36% para o período entre 2000 e 2017. O gabinete de estatística tem conta vários produtos e serviços, entre os quais os restaurantes e hoteis, bebidas alcoólicas e tabaco, serviços de educação e saúde, a casa, entre outros.

O país que registou o maior aumento de preços foi a Roménia, com uma subida de 257%, e, pelo contrário, o Estado-membro onde os preços menos subiram foi na Alemanha, com uma percentagem de 28,6%.

No Grão-Ducado, foram as bebidas alcoólicas e o tabaco que mais dispararam, tendo duplicado de preço no período analisado. Seguiu-se o setor da educação, com um aumento superior a 90% e os restaurantes com um acréscimo de mais de 64%.

Os aumentos dependem dos setores e nem tudo foi mau: os preços nas comunicações desceram 32%. Este foi, no entanto, o único segmento, onde os consumidores passaram a pagar menos.