Escolha as suas informações

Portugal. Prazo para pagar IMI começa hoje
Economia 01.05.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Prazo para pagar IMI começa hoje

Portugal. Prazo para pagar IMI começa hoje

LUSA
Economia 01.05.2020 Do nosso arquivo online

Portugal. Prazo para pagar IMI começa hoje

Lusa
Lusa
Quem é proprietário de casas em Portugal saiba que o Imposto Municipal sobre Imóveis tem de ser pago durante o mês de maio.

O prazo para o pagamento da primeira prestação ou para o pagamento único do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) começa hoje, sem alterações face ao contexto da pandemia de covid-19.

As taxas de IMI são anualmente aprovadas pelas autarquias que têm de fazer chegar a sua decisão à Autoridade Tributária e Aduaneira, sendo com base nesta informação que o fisco faz os cálculos relativamente ao que cada pessoa tem a pagar.


Emigrantes vão ter acesso a moratórias nos créditos à habitação em Portugal
Possibilidade de suspender temporariamente as prestações bancárias vai ser alargada a não residentes no país, anunciou a Associação Portuguesa de Bancos.

A primeira prestação do IMI é paga durante o mês de maio, sendo este o único pagamento caso o valor do imposto seja inferior a 100 euros.

As datas de pagamento

Ultrapassado este montante, o imposto será dividido em duas ou três fases (consoante o monte global seja, respetivamente, inferior ou superior a 500 euros) a serem pagas em maio e novembro ou em maio, agosto e novembro.

Os proprietários de imóveis já começaram a ser notificados para esta obrigação.

O jornal Público questionou o Ministério das Finanças sobre a manutenção destas datas, mas a tutela não anunciou nenhuma alteração até essa altura (25 de março).


Preços dos imóveis continuam em alta
No último trimestre de 2019, os preços da habitação aumentaram 11%, de acordo com os últimos dados divulgados pelo Instituto Socio-Económico de Investigação Luxemburguês (Liser). Um crescimento de dois dígitos pelo quarto trimestre consecutivo que marca também o início de 2020. Os peritos fazem uma estimativa para 2020 e dizem que a construção continua a ser um investimento seguro.

“Sem prejuízo das medidas já implementadas de apoio às famílias e empresas relativamente às obrigações tributárias do segundo trimestre de 2020, o Governo continuará a acompanhar e avaliar de perto a evolução da conjuntura atual”, respondeu o ministério liderado por Mário Centeno.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas