Escolha as suas informações

Portugal é o país da UE com as maiores reservas de gás
Economia 2 min. 28.06.2022
Energia

Portugal é o país da UE com as maiores reservas de gás

Imagem de arquivo
Energia

Portugal é o país da UE com as maiores reservas de gás

Imagem de arquivo
Foto: Jens Büttner/dpa
Economia 2 min. 28.06.2022
Energia

Portugal é o país da UE com as maiores reservas de gás

Redação
Redação
Reservas na Alemanha estão a 60% mas são superiores às de junho do ano passado, segundo dados da plataforma Gas Infrastructure Europe.

Portugal é o Estado-membro da União Europeia (UE) com mais reservas de gás. De acordo com o jornal português de economia Dinheiro Vivo, a capacidade de armazenamento de gás natural do país está a 100%, quase o dobro da média da Europa e acima dos outros países do bloco comunitário analisados. 

O jornal cita os dados mais recentes (25 de junho) da plataforma Gas Infrastructure Europe (GIE), que informação dos países da União Europeia com reservas desta fonte energética. Segundo este organismo, Portugal mantém os níveis de armazenamento de gás na sua total capacidade. Apenas a Polónia se aproxima dessa quota com 97%. Em terceiro lugar, mas com níveis entre os 70 e os 80%, estão a Dinamarca (78,73%), a República Checa (74,77%) e a Espanha (72%), refere o artigo do Dinheiro Vivo.


Alemanha ativa "nível de alerta" do plano para assegurar o fornecimento de gás
Depois de uma queda de 60% nas entregas de Moscovo, o país está mais próximo das medidas de racionamento de gás.

Noutros países já começa a ser visível o impacto dos cortes de fornecimento da  Rússia como resposta às sanções aplicadas pela União Europeia decididas na sequência da invasão russa à Ucrânia.

A Alemanha, que admitiu recentemente poder ter de racionar o consumo de energia devido aos cortes do gás russo, tem as reservas 60% - valores próximos dos da Bélgica e da França, de acordo com a mesma plataforma.

Apesar disso, e de acordo com a tabela publicada por aquele jornal, todos esses países aumentaram as suas reservas de gás face ao período homólogo de 2021.

A média das reservas de gás natural por capacidade de armazenamento na União Europeia está atualmente em 55,71%, mais 10% do que os 45,94% registados em junho de 2021.  

Com os valores mais baixos do grupo de 17 Estados-membros analisados, estão a Croácia (27%), a Suécia (31%) e a Bulgária (34%).


Claude Turmes: "O inverno vai ser muito duro para os luxemburgueses"
O ministro da Energia do Grão-Ducado lançou o alerta e aconselha os residentes a poupar.

Os dados não apontam valores específicos para o Luxemburgo, mas a situação não deverá ser muito diferente da dos seus países vizinhos. Além do Grão-Ducado depender pouco do fornecimento do gás russo, em conjunto com a Bélgica, o país forma um mercado de gás próprio que obtém 80% da sua energia a partir do Mar do Norte.

Esta terça-feira, o ministro da Energia Claude Turmes também acrescentou que "o Luxemburgo tem reservas de gás na Alemanha que estão relativamente bem abastecidas”. Mesmo assim, lançou o alerta para os próximos meses, sobretudo quando o frio começar a chegar, e aconselhou os residentes a poupar no consumo de energia.

“Será um inverno muito duro para todos os luxemburgueses, para todos os europeus", avisou.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Grão-Ducado quer atingir os 11% de energia renovável até final de 2020. Pactos com os países bálticos, fomento da produção nacional e um novo imposto sobre o CO2 são algumas das medidas para lá chegar.