Escolha as suas informações

Pela primeira vez há mais de 10 mil vagas de emprego disponíveis na ADEM
Economia 20.10.2021
Trabalho

Pela primeira vez há mais de 10 mil vagas de emprego disponíveis na ADEM

O número de desempregados inscritos diminuiu 12,5% entre setembro de 2020 e igual período de 2021.
Trabalho

Pela primeira vez há mais de 10 mil vagas de emprego disponíveis na ADEM

O número de desempregados inscritos diminuiu 12,5% entre setembro de 2020 e igual período de 2021.
Foto: Guy Wolff/Luxemburger Wort
Economia 20.10.2021
Trabalho

Pela primeira vez há mais de 10 mil vagas de emprego disponíveis na ADEM

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O número de postos de trabalho disponíveis na Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM) superou pela primeira vez, em setembro, a barreira dos 10 mil.

No total, a 30 de setembro a ADEM tinha 10.708 vagas de emprego disponíveis (mais 4.299 novas ofertas do que no mês anterior), 1.576 delas no setor da contabilidade e auditoria e 1.489 no setor da construção e na indústria manufatureira.

Segundo os dados divulgados esta quarta-feira pela ADEM, o número de desempregados inscritos diminuiu 12,5% entre setembro de 2020 e igual período de 2021.

A 30 de setembro, havia 15.641 desempregados, ou seja, menos 2.234 pessoas no espaço de um ano. Na comparação com agosto de 2021, havia menos 482 pessoas sem emprego.


Limpezas e agências de trabalho temporário entre os maiores criadores de emprego na pandemia
O Statec considera que aumento nestes setores é "normal" visto que houve muitos postos de trabalho que desapareceram durante o confinamento.

A taxa de desemprego em setembro, calculada pelo Instituto Nacional de Estatística (Statec), manteve-se estável em relação a agosto, permanecendo nos 5,5%.

Quanto ao desemprego de longa duração (mais de 12 meses), a tendência é contrariada. Segundo a ADEM, a taxa está em alta sendo que 52% dos desempregados são de longa duração.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O desemprego no Luxemburgo diminuiu ligeiramente. A 30 de Setembro, a taxa de desemprego era de 6,7%, enquanto em Agosto deste ano era de 6,9%.
O desemprego no Luxemburgo baixou ligeiramente. No mês de Outubro, a taxa de desemprego era de 7,1%, menos 0,1% do que em Setembro (7,2%).
O desemprego no Luxemburgo continua a aumentar. No final do mês de Setembro a taxa de desemprego situava-se nos 7,2%, mais 0,2% do que em relação ao mês anterior.
.