Escolha as suas informações

OGBL e Eurofoil chegam a acordo de princípio
Economia 07.05.2021

OGBL e Eurofoil chegam a acordo de princípio

OGBL e Eurofoil chegam a acordo de princípio

AFP
Economia 07.05.2021

OGBL e Eurofoil chegam a acordo de princípio

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Um acordo 'in extremis'. Foi assim que a OGBL anunciou esta tarde o acordo de princípio assinado, no último dia do procedimento de conciliação, entre a direção da empresa Eurofoil e a central sindical.

De costas voltadas há um ano, as duas partes estavam na fase de reuniões com o gabinete nacional de conciliação, depois de a administração da empresa ter anunciado mexidas na convenção coletiva de trabalho.

Entre as mexidas contestadas pelo sindicato, a direção da empresa de alumínios pretendia fazer cortes nas condições salariais e de trabalho dos funcionários recém-contratados.

Depois de dois piquetes de protesto e várias reuniões de negociações fracassadas, sindicato e trabalhadores ameaçaram esta semana avançar para a greve.

A iniciativa acabou por surtir efeito esta quinta-feira, último dia do procedimento de conciliação, levando a direção da empresa a "reconsiderar a sua posição intransigente e a aceitar a proposta de compromisso apresentada pela OGBL", explica a central sindical.

O acordo de princípio prevê a manutenção de todos os direitos da antiga convenção coletiva de trabalho dos atuais 240 funcionários. Fica ainda garantido o pagamento de um prémio de 500 euros a cada trabalhador em 2021, 2022 e 2023.

Estão previstas ainda limitações ao recurso de trabalhadores temporários e a obrigatoriedade de a empresa compor futuramente equipas de base exclusivamente com empregados com contratos permanentes (CDI). Entre outras medidas, prevê-se a introdução de novos escalões na tabela salarial para empregados não qualificados a ser contratados futuramente.

O acordo final deverá ser assinado nos próximos dias entre a OGBL e a direção da Eurofoil.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.