Escolha as suas informações

OGBL e déi Lénk unidos contra mexidas na indexação dos salários
Economia 14.05.2022
Salários

OGBL e déi Lénk unidos contra mexidas na indexação dos salários

Manifestação OGBL no 1º de Maio
Salários

OGBL e déi Lénk unidos contra mexidas na indexação dos salários

Manifestação OGBL no 1º de Maio
Fotos: Carlo Nilles
Economia 14.05.2022
Salários

OGBL e déi Lénk unidos contra mexidas na indexação dos salários

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Num comunicado conjunto, as duas partes lembram que o 'índex' é tido como a única ferramenta para adaptar salários e pensões ao custo de vida real.

A OGBL e o partido déi Lénk estão alinhados e não cedem às mexidas na indexação dos salários. A presidente da OGBL, Nora Back, e uma delegação da central sindical estiveram reunidas recentemente com os deputados do partido de esquerda para "reforçar a cooperação na luta pela defesa dos benefícios sociais dos trabalhadores e reformados".

Num comunicado conjunto, as duas partes reiteram que é "inadmissível" a manipulação na indexação salarial e no chamado "pacote de solidariedade", medidas que estão a afetar o poder de compra dos reformados e trabalhadores, com a explosão de preços de energia e de alimentos.


Entre abril de 2021 e o mês homólogo deste ano, os preços da energia, que engloba a eletricidade e os combustíveis, foram os que mais aumentaram.
Preços da energia subiram quase 13% num ano no Luxemburgo
No período de um ano, os preços da energia subiram quase 13% no Luxemburgo. Os dados são revelados no novo relatório do Statec sobre a inflação, cuja taxa anual foi de 7% em abril, superior aos 6,1% do mês anterior.

A OGBL e o déi Lénk lembram que o 'índex' é tido como a única ferramenta para adaptar salários e pensões ao custo de vida real. Ao mesmo tempo, denunciam que esta manipulação, que adiou a segunda tranche da indexação para 2023, ocorre num momento em que a inflação está num dos seus níveis mais altos em décadas.

As mexidas no 'índex' afetam ainda os mais jovens, já que este mecanismo mexe também nos subsídios de aprendizagem e na remuneração mínima do estágio.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Os representantes do patronato referem, em comunicado, que, apesar de o aumento automático de 2,5% nos salários e pensões, a partir de 1 de outubro, melhorar o poder de compra dos cidadãos, vai prejudicar a competitividade das empresas.