Escolha as suas informações

OCDE revê em baixa crescimento do PIB mundial
Economia 2 min. 06.03.2019

OCDE revê em baixa crescimento do PIB mundial

OCDE revê em baixa crescimento do PIB mundial

Foto: Reuters
Economia 2 min. 06.03.2019

OCDE revê em baixa crescimento do PIB mundial

A expansão global continua a perder força.

A OCDE reviu hoje em baixa a sua previsão de crescimento para a economia mundial este ano e em 2020. Na base desta revisão estão a elevada incerteza política, as tensões comerciais e a queda da confiança de empresários e consumidores.

“A expansão global continua a perder força. O crescimento global deve descer para 3,3% em 2019 e 3,4% em 2020, com os riscos negativos a continuarem a crescer”, indica a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) na atualização intercalar das suas previsões económicas (‘Interim Economic Outlook’).

A OCDE desce assim em 0,2 pontos percentuais (p.p.) e em 0,1 p.p. as suas anteriores previsões divulgadas em novembro para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) mundial para 2019 e 2020, respetivamente, depois do crescimento de 3,6% em 2018.

A instituição liderada por Angel Gurría adianta que reviu em baixa a previsão de crescimento para quase todas as economias do G20, “com revisões particularmente acentuadas na zona euro para 2019 e 2020”.

A explicar o abrandamento económico, a OCDE aponta a elevada incerteza política, as tensões comerciais em curso e uma maior erosão da confiança de empresários e consumidores.

“O comércio global diminuiu acentuadamente”, refere a OCDE, frisando que “as restrições comerciais introduzidas no ano passado são um obstáculo ao crescimento, ao investimento e aos níveis de vida, sobretudo para as famílias com baixos rendimentos”.

A instituição com sede em Paris recorda também que “o crescimento global desacelerou mais rapidamente do que o previsto no segundo semestre de 2018, para cerca de 3% numa base trimestral”, naquele que foi “o ritmo mais fraco desde meados de 2016”.

Para a China, a OCDE prevê um crescimento de 6,2% em 2019, 0,1 p.p. abaixo da estimativa anterior, mantendo a previsão de uma expansão de 6% em 2020.

“Uma desaceleração muito mais acentuada no crescimento do PIB chinês do que nas previsões atuais teria consequências adversas significativas para o crescimento e comércio globais, devido às fortes ligações que a China agora tem por todo o mundo”, indica a instituição.

Nos Estados Unidos, a OCDE antecipa um crescimento de 2,6% para 2019 e de 2,2% em 2020, menos 0,1 p.p. em ambos os casos face às previsões de novembro.

A OCDE indica também que permanece uma “substancial incerteza política na Europa, inclusivamente sobre o ‘Brexit’”, acrescentando que “uma saída desordenada do Reino Unido da União Europeia aumentaria substancialmente os custos para as economias europeias”.


Notícias relacionadas

OCDE prevê crescimento estável na zona euro
Os indicadores compósitos avançados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) continuam a indicar uma dinâmica de crescimento estável para os países da região.
OCDE: Economia continua a acelerar
A economia da zona euro deve continuar a acelerar na zona euro, de acordo com os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.
OCDE prevê estabilização do crescimento em Portugal
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) continua a prever uma estabilização do crescimento económico em Portugal nos próximos meses, num contexto de tendência global de estabilização das restantes economias.
O índice compósito da OCDE para Portugal estabilizou em Julho nos 100,6 pontos