Escolha as suas informações

Breves Economia 13.01.2020

Número de empresas em falência aumentou em 2019

O número de empresas que declararam falência aumentou quase 6% no ano passado no Luxemburgo, para um total de 1.263, de acordo com os dados da empresa de gestão de crédito Creditreform. E este ano o cenário não deverá melhorar, segundo o mesmo organismo, devido às tranformações económicas no Grão-Ducado.

O setor dos serviços foi o que mais empresas perdeu: fecharam 884 sociedades, um aumento superior a 6% face a 2018. Apesar do bom momento para o setor da construção, houve mais empresas a encerrar: mais 10%, ou seja, 124, no total. No comércio, houve poucas oscilações e o valor manteve-se nas 253 empresas a anunciar o encerramento.

Segundo a empresa, trata-se sobretudo de pequenas empresas, não havendo empresas conhecidas entre as falências.

Breves Sociedade 21.04.2021

Alunos vão poder regressar às piscinas

As alterações na ‘lei covid-19’ que irá a votos no final desta semana, vão permitir que os alunos regressem às aulas de natação, com as suas turmas respetivas. 

Ausentes das piscinas há alguns meses, uma vez que o número de crianças por turma ultrapassava o número de crianças permitidas na piscina, estas poderão brevemente voltar a ter aulas de natação. 

Para além desta alteração, certas atividades desportivas vão poder retomar, pelo menos parcialmente. O limite atual de dez pessoas por atividade vai ser abolido, o que vai permitir a retoma de alguns desportos em grupos maiores. No entanto, mantém-se a condição do distanciamento físico de dois metros entre cada participante.

As competições, no entanto, vão continuar a ser reservadas para os desportistas de elite, mas sem a participação do público. O ministro do Desporto, Dan Kersch, diz querer esperar pelos primeiros resultados dos testes rápidos de despistagem nas escolas, antes de permitir outras aberturas para os jovens desportistas.  

Breves Luxemburgo 21.04.2021

Paul Helminger. Livro de condolências na comuna da cidade do Luxemburgo

A comuna da capital vai abrir um livro de condolências para homenagear o seu antigo burgomestre (1999 -2011), Paul Helminger.

O ex-deputado do Partido Democrático (DP), igualmente antigo chefe de gabinete do Governo de Gaston Thorn e secretário de Estado (1979-1984), faleceu no passado sábado, aos 80 anos.

Os cidadãos podem assinar o livro de condolências esta quinta-feira, das 14:00 às 18:00, e na sexta-feira, das 8:00 ao 12:00 e das 13:30 até às 18:00.  

Breves Luxemburgo 21.04.2021

Mais de 80 reclusos em quarentena na prisão de Schrassig

 O Centro Penitenciário de Schrassig regista 23 casos positivos de covid-19 desde o foco de contágios tornado público a 15 de abril. Nessa altura, havia 15 infetados.

Há neste momento 84 reclusos em quarentena, mas a situação está controlada, segundo a direção da prisão, esta quarta-feira, em declarações à RTL.

O foco de contágios levou o Ministério da Justiça a decretar um confinamento parcial no estabelecimento, na semana passada. A medida visa evitar possíveis fontes de infeção. O contacto dos reclusos com o mundo ficou ainda mais limitado, mas as visitas das famílias continuam a ser autorizadas.

Os reclusos em questão são de diferentes secções, sendo que todos eles são assintomáticos. Para proteger os outros detidos, os casos positivos foram colocados em isolamento, numa ala reservada apenas para casos covid-19.  

Breves Economia 21.04.2021

Volume de negócios da plataforma Letzshop dispara 803%

A plataforma de compras online Letzshop.lu registou um aumento exponencial do volume de negócios durante a pandemia. Segundo os números divulgados pela direção-geral das Classes Médias, a plataforma dedicada ao comércio local obteve um aumento de 803% no seu volume de negócios entre 2019 e 2020.

Lançado em setembro de 2018, a Letzshop obteve no ano passado um "enorme crescimento de novos membros e de encomendas", refere a direção das Classes Médias. A loja online tem atualmente cerca de 388 mil produtos disponíveis para venda incluindo 2.270 "made in Luxembourg" de 72 comerciantes locais.

Entre as medidas de apoio do Governo, os comerciantes locais gravemente afetados pela crise sanitária ficaram isentos de pagar a taxa de adesão à Letzshop em 2020 e 2021. Desde novembro do ano passado foram distribuídos 12.274 'cheques-oferta' da Letzshop a 670 a particulares e 11.604 a profissionais.  

Breves Economia 21.04.2021

Sindicatos e setor de autocarros privados assinam plano de manutenção de emprego

As centrais sindicais LCGB e OGBL e as empresas privadas de autocarros assinaram esta quarta-feira um plano de manutenção de emprego para o setor.

O plano de manutenção de emprego é válido por um período de 4 meses, entre de 1 de maio e 31 de agosto deste ano. Entre as medidas de proteção dos trabalhadores estão, por exemplo, o recurso ao trabalho voluntário a tempo parcial, a licença sem vencimento, o desemprego parcial, o ajuste de pré-reforma ou a proibição de despedimentos por motivos económicos durante a duração do acordo.  

Os sindicatos referem que, embora a maioria das empresas estivesse numa "posição financeira sólida e saudável" antes da pandemia, muitas delas estão agora em perda devido à diminuição das viagens e à paralisação quase total do setor do turismo.

Breves Economia por Henrique DE BURGO 21.04.2021

Luxemburgo e Cuba assinam acordo sobre transporte aéreo

O documento foi rubricado pelo ministro da Mobilidade e Obras Públicas e pela embaixadora de Cuba. 

O Luxemburgo e Cuba assinaram esta terça-feira um acordo aéreo que prevê direitos mútuos de tráfego entre os dois países. O documento foi rubricado pelo ministro da Mobilidade e Obras Públicas, François Bausch, e pela embaixadora de Cuba, Norma Goicochea Estenoz. 

Segundo uma nota conjunta enviada às redações pelo Governo e pela Direção de aviação civil, o acordo visa desenvolver as relações económicas entre os dois países, que gozam de "excelentes relações bilaterais". Em 2022, Luxemburgo e Cuba assinalam o 80º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países. 

Breves Sociedade 21.04.2021

Esta quarta-feira há mais controlos policiais nas estradas

Ao longo do dia a polícia vai atualizar o número de infrações e os locais das inspeções na rede social Twitter. 

O Luxemburgo participa esta quarta-feira na operação europeia de luta contra o excesso de velocidade nas estradas. A operação "Speedmarathon" começou à meia noite desta quarta-feira e dura 24 horas.

Durante esse tempo, sobretudo durante as horas de ponta, a polícia grã-ducal vai levar a cabo uma série de fiscalizações em todo o território. O objetivo é "sensibilizar a população para os perigos ligados aos excessos de velocidade, tendo em vista a prevenção de acidentes nas estradas". 

Ao longo do dia os agentes vão atualizar o número de infrações e os locais das inspeções na rede social Twitter. Entre Trintange e Bous, por exemplo, cinco automobilistas foram multados, enquanto que na route d' Arlon, na cidade do Luxemburgo, dois condutores também circulavam em excesso de velocidade. 

As polícia luxemburguesa reitera que a velocidade continua a ser a principal causa de acidentes mortais nas estradas do país.

Franz Fayot
Breves Luxemburgo 20.04.2021

Luxemburgo. "Semana dos Recursos Espaciais" junta 120 especialistas mundiais

O Luxemburgo organiza pela terceira vez a "Semana dos Recursos Espaciais". A iniciativa foi lançada esta segunda-feira pelo ministro da Economia, Franz Fayot.

Denominada "Space Resources Week", esta é a maior conferência mundial exclusivamente consagrada à exploração e ao uso de recursos do espaço. Ao todo, o evento junta de forma digital e até quinta-feira cerca de 120 palestrantes e especialistas internacionais.

De acordo com o Ministério da Economia, mais de 1.300 pessoas de todo o mundo inscreveram-se para acompanhar os vários seminários sobre as últimas descobertas no setor. 

O evento vai servir também para dar a conhecer os novos casos de uso concretos de recursos espaciais, o quadro legal internacional e os métodos de financiamento para a pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.  

Breves Luxemburgo 20.04.2021

OGBL e lojas Hema renovam convenção coletiva de trabalho

A central sindical OGBL e a direção das lojas Hema assinaram a renovação da convenção coletiva de trabalho, que abrange 33 funcionários no Luxemburgo.

Segundo refere a OGBL num comunicado divulgado esta segunda-feira, a renovação é válida por um período de 36 meses e de forma retroativa, entre 1 de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2021.Entre as melhorias negociadas, a central sindical dá o exemplo do reajuste do salário base dos assistentes ou o aumento para 40% da taxa sobre horas suplementares na véspera de feriados.

Os trabalhadores com 15 anos de serviço vão passar a receber 500 euros como prémio de antiguidade, em vez dos anteriores 25 anos. Já quem atingir os 25 anos recebe um prémio de mil euros. 

Entre outras medidas, a OGBL garante que as licenças legais e extraordinárias, a licença parental e a licença por razões familiares foram adaptadas à legislação.  

Breves Luxemburgo 20.04.2021

Mais de 1.500 ciberataques no Luxemburgo o ano passado

Numa resposta parlamentar aos deputados Mars di Bartolomeo e Dan Biancalana do LSAP), a Ministra da Justiça, Sam Tanson, declarou que os ciberataques têm ocorrido com maior frequência, um fenómeno que pode ser atribuído ao aumento da utilização de plataformas digitais pelas empresas, durante pandemia de covid-19.

No ano passado, as autoridades registaram mais de 1.500 ocorrências, das quais se destacam os pedidos de resgates em troca de dados. Ou seja, os 'hackers' têm acesso a dados sensíveis das empresas e pedem quantias avultadas em troca dos mesmos. 

Outra forma conhecida de ciberataque presente no Luxemburgo é o "phishing", que acontece quando alguém se "disfarça" de entidade de confiança para conseguir dados sensíveis como passwords ou números de cartão de crédito. 

Tanson mencionou também a SKY, a operação levada a cabo pela polícia belga, apoiada por unidades especiais do Luxemburgo. No decurso desta operação, os investigadores não só conseguiram decifrar um grande número de mensagens codificadas, como também prenderam 48 indivíduos e apreenderam 17 toneladas de cocaína na Bélgica. 


Breves Luxemburgo por Susy MARTINS 20.04.2021

Governo distribui frascos de gel desinfetante nos transportes públicos

O Ministério da Mobilidade está a distribuir entre esta terça-feira e quarta-feira, 20 e 21 de abril, frascos de gel hidroalcóolico nos transportes públicos. A iniciativa tem como objetivo chamar a atenção para a importância de desinfetar regularmente as mãos a quem utiliza os transportes públicos.

Com a pandemia a continuar a fazer parte do dia a dia dos cidadãos há mais de um ano, o ministério quer assim relembrar um dos mais importantes gestos barreira a par do distanciamento físico e do uso da máscara de proteção individual, este último obrigatório nos transportes públicos.

Os frascos de gel desinfetante produzidos a partir de plástico reciclável são distribuídos durante as horas de ponta, da parte da manhã e no final do dia desta terça-feira e quarta-feira. 

Consulte o calendário das ações de distribuição:

20 de abril, das 16h às 18h:

  • Gare-Rocade 
  • Hamilius

21 de abril, das 6h30 às 9h:

  • Gare-Rocade 
  • Hamilius

21 de abril, das 16h às 18h:

  • Place de l'Étoile
  • Roud Bréck Pafendall  


Breves Economia 20.04.2021

Luxemburgo. 9.100 empresas receberam auxílio do Governo

Numa resposta parlamentar ao deputado Sven Clement, do Partido Pirata, o  Ministro da Classe Média, Lex Delles, garantiu que 9.100 pequenas e médias empresas (PME's) do Luxemburgo receberam auxílios estatais para fazer face à queda de rendimentos provocada pela pandemia da covid-19. 

Segundo o governante, a maioria pertence aos setores da hotelaria e restauração, que foi dos mais afetados durante este ano de crise. Lex Delles disse que após o encerramento dos estabelecimentos em novembro passado, as candidaturas para os auxílios dispararam. No caso dos restaurantes, só voltaram a abrir a 7 de abril, apenas em regime de esplanada, das 6h00 e as 18h00. 

A ajuda é atribuída de acordo com as perdas sofridas. Metade destas empresas viram as receitas diminuir em mais de 40%, afirmou Lex Delles. 



Breves Economia por Susy MARTINS 20.04.2021

Petição sobre reconhecimento do BTS na tabela salarial do Estado debatida em maio

Diploma BTS - de ensino superior - é pago como se o trabalhador tivesse apenas o diploma de fim de estudos secundários.

A petição pública que reivindica o reconhecimento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (BTS, na sigla em francês) na tabela salarial do Estado vai a debate no Parlamento, no dia 5 de maio. O documento recolheu um total de 4.623 assinaturas, ultrapassando assim as 4.500 exigidas para levar o assunto a debate público.

Atualmente, quem tem um Curso Técnico Superior Profissional (BTS) e está a trabalhar para o Estado recebe o mesmo ordenado do que alguém que tenha concluído o ensino secundário. Considerando a situação injusta - uma vez que o BTS é um diploma de ensino superior com a duração de dois anos - os subscritores pedem a criação de uma secção intermédia na tabela salarial do Esatdo, que coloque estes trabalhadores entre quem tem estudos universitários e quem concluiu o ensino secundário. 

A ideia vai ser, agora, defendida no Parlamento, a 5 de maio, na presença de deputados e membros do Governo, com destaque para o da Função Pública, Dan Kersch.