Escolha as suas informações

Breves Economia 13.01.2020

Número de empresas em falência aumentou em 2019

O número de empresas que declararam falência aumentou quase 6% no ano passado no Luxemburgo, para um total de 1.263, de acordo com os dados da empresa de gestão de crédito Creditreform. E este ano o cenário não deverá melhorar, segundo o mesmo organismo, devido às tranformações económicas no Grão-Ducado.

O setor dos serviços foi o que mais empresas perdeu: fecharam 884 sociedades, um aumento superior a 6% face a 2018. Apesar do bom momento para o setor da construção, houve mais empresas a encerrar: mais 10%, ou seja, 124, no total. No comércio, houve poucas oscilações e o valor manteve-se nas 253 empresas a anunciar o encerramento.

Segundo a empresa, trata-se sobretudo de pequenas empresas, não havendo empresas conhecidas entre as falências.

Breves Luxemburgo 20.01.2021

Eleições 2021. Recenseamento eleitoral para cabo-verdianos no Luxemburgo já começou

O recenseamento eleitoral dos cabo-verdianos residentes no Grão-Ducado, com vista às eleições legislativas e presidenciais de 2021, arrancou no fim de semana. 

De acordo com uma nota divulgada no Facebook da Embaixada de Cabo Verde no Luxemburgo, a comissão de recenseamento eleitoral no Grão-Ducado refere que a inscrição nos cadernos eleitorais pode ser feita na embaixada, de segunda a sexta-feira durante o horário de funcionamento, e aos fins de semana em locais e horário a anunciar.

Podem recensear-se todos os cidadãos cabo-verdianos com idade igual ou superior a 18 anos, que terão de apresentar o bilhete de identidade ou o passaporte cabo-verdiano, mesmo que estejam caducados. As eleições legislativas em Cabo Verde estão marcadas para 18 de abril e as presidenciais para 17 de outubro também deste ano.  

Breves Sociedade por Henrique DE BURGO 19.01.2021

Joke Van der Stricht é a nova diretora do centro penitenciário de Luxemburgo

O centro penitenciário do Luxemburgo, em Schassig, tem uma nova diretora, a criminologista Joke Van der Stricht. A informação foi divulgada pelo Ministério da Justiça e a Administração Penitenciária em comunicado conjunto.

A nova diretora foi nomeada sob proposta da ministra da Justiça, Sam Tanson, por um período renovável de sete anos, a partir de 1 de fevereiro de 2021. Joke Van der Stricht substitui Michel Lucius, que vai para a reforma depois de ter exercido funções desde 2016. Joke Van der Stricht é mestre em criminologia pela Universidade Livre de Bruxelas e a sua carreira tem sido marcada por estudos referentes a prisões, penologia, direito penal e psicologia forense.

Entrou para o centro penitenciário do Luxemburgo em janeiro de 2013 como consultora e quatro anos depois foi nomeada diretora-adjunta, atualmente responsável pela secção de detenção e integração do centro penitenciário.

O centro penitenciário do Luxemburgo, em Schrassig, é um dos três centros penitenciários sob gestão da Administração Penitenciária, além de Givenich e de Uerschterhaff. Este último deverá estar operacional em 2022, em Sanem.