Escolha as suas informações

No Luxemburgo, só as bebidas alcoólicas e transportes são mais baratos do que a média europeia
Economia 06.09.2019

No Luxemburgo, só as bebidas alcoólicas e transportes são mais baratos do que a média europeia

No Luxemburgo, só as bebidas alcoólicas e transportes são mais baratos do que a média europeia

Economia 06.09.2019

No Luxemburgo, só as bebidas alcoólicas e transportes são mais baratos do que a média europeia

Tudo o resto é mais caro.

No Luxemburgo, só as bebidas alcoólicas e tabaco e os transportes são mais baratos do que a média da União Europeia (UE). Tudo o resto é mais caro. Isto significa que os consumidores pagam casa, roupa, carros, comunicações e serviços de Internet, e mobiliário, acima da média europeia.

O Eurostat publicou esta sexta-feira dados que permitem comparar os preços de vários bens entre os Estados-membros. Analisando aqueles que são mais baratos no Luxemburgo, as estatísticas permitem concluir que o país é o décimo da UE onde as bebidas alcoólicas são mais baratas. A média do país é de 93, valor que compara com a média de 100 da UE. A Roménia é o país onde sas bebidas alcoólicas são mais baratas, a Finlândia, onde são mais caras.

A diferença em relação à média europeia é mais significativa no caso dos transportes: de 69,5 no Grão-Ducado contra os 100 da média da UE.

Entre os produtos mais caros, o Luxemburgo destaca-se por ter o mobiliário e as carpetes mais caros da União Europeia. Sem surpresa, a habitação coloca também o Grão-Ducado no pódio das casas mais caras: o país surge em terceiro lugar com o alojamento mais dispendioso. Os preços ficam 55,8% acima da média do bloco dos 28. Pior do que o Luxemburgo, só a Irlanda e o Reino Unido, com os preços mais elevados.


Notícias relacionadas