Escolha as suas informações

Preço das casas no Luxemburgo continua a aumentar, mas oferta cai
Economia 2 min. 13.07.2021
Mercado Imobiliário

Preço das casas no Luxemburgo continua a aumentar, mas oferta cai

Mercado Imobiliário

Preço das casas no Luxemburgo continua a aumentar, mas oferta cai

Foto: Gerry Huberty
Economia 2 min. 13.07.2021
Mercado Imobiliário

Preço das casas no Luxemburgo continua a aumentar, mas oferta cai

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O preço médio de uma casa no Luxemburgo aumentou 7,92% e ultrapassa agora um milhão de euros.

Comprar uma casa no Luxemburgo é uma tarefa cada vez mais impossível para a grande parte dos cidadãos. Sobretudo, porque os preços continuam a aumentar. Foi o que se verificou no primeiro semestre de 2021, segundo o último estudo da Immotop. 

Quando vale um imóvel por estes dias? Se fizermos a média entre casas e apartamentos, está agora em 842.000 euros ou 6.137 euros/m2, uma subida em comparação com 807.746 euros ou 5.492 euros/m2 de 2020. Este é um aumento de 11,74% para o preço por metro quadrado.


Residentes no Luxemburgo precisam de trabalhar quase 16 anos para poder comprar casa
À frente do Luxemburgo estão apenas três países, segundo um estudo divulgado pela OCDE.

Estes são os valores gerais mas se olharmos para alguns bairros, há variações. Na capital, por exemplo, o preço por metro quadrado caiu significativamente em comparação com o primeiro semestre de 2020. Bairros como Hamm (-8,64%) ou Eich (-13,8%) estão entre as áreas onde o m2 perdeu valor. No entanto, em Dommeldange (+22%), Beggen (+ 7,51%) e Cents (+ 4,6%) aumentaram. 

O preço de uma casa no Luxemburgo aumento 7,92%, uma vez que hoje está avaliado em 1.020.000 euros, enquanto que no período homólogo do ano passado estava em 945.000 euros. Quanto ao preço médio dos apartamentos em todo o território, passou de 575 mil euros (setembro de 2020) para 642,9 mil euros no primeiro semestre de 2021, um aumento de 19,95%.

No primeiro semestre do ano, o número de anúncios disponíveis para casas caiu 10,83% e até 42,35% para apartamentos, o que pode levar a alguma estagnação no mercado durante um tempo, indica o estudo.   

O Eurostat já tinha calculou recentemente que o preço das casas no Luxemburgo disparou na última década. O gabinete europeu de estatística fez as contas e concluiu que o Luxemburgo é o segundo Estado-membro com a maior subida dos preços na habitação entre 2010 e o primeiro trimestre de 2021.  Segundo o mais recente relatório do Eurostat, o valor das casas no Grão-Ducado subiu 108,6%, apenas superado pelos 140% da Estónia. No conjunto da União Europeia (UE), a subida média dos preços foi de 30,9%.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Muito acima da média europeia, o Grão-Ducado está do pódio dos países que observaram o maior aumento do preço das casas entre 2010 e 2020 com uma taxa de 99,8%. Nem a pandemia impediu um novo recorde. Em relação ao quarto trimestre de 2019, o valor dos imóveis registou uma subida de 16,7%. Na capital, o metro quadrado ultrapassou pela primeira vez os 10 mil euros.
Comprar um apartamento na cidade do Luxemburgo está mais caro. É uma constatação quase de senso comum hoje em dia, mas o instituto luxemburguês de investigação socio-económica (Liser) quantificou o aumento concreto dos preços nos últimos anos. O veredito é o de que os preços para comprar um apartamento na capital do país dispararam 66,1% entre 2008 e 2017.
European institutions buildings Court of Auditors, Court of Justice, European Investment Bank and European Parliament - Luxembourg city