Escolha as suas informações

Mediador vai intervir no plano social na IBM Luxemburgo
Economia 31.03.2021

Mediador vai intervir no plano social na IBM Luxemburgo

Mediador vai intervir no plano social na IBM Luxemburgo

Foto: AP
Economia 31.03.2021

Mediador vai intervir no plano social na IBM Luxemburgo

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
A primeira reunião conjunta vai ter lugar já no próximo dia 2 de abril, na sexta-feira.

O Gabinete Nacional de Conciliação (ONC na sigla francesa) foi chamado a intervir no plano social anunciado pela IBM Luxemburgo, que ameaça despedir 38 dos atuais 313 funcionários.

Segundo uma nota divulgada esta quarta-feira às redações pela LCGB, o ONC foi solicitado para mediar as negociações depois de a direção da empresa ter mostrado "falta de vontade para a uma solução aceitável". A primeira reunião conjunta vai ter lugar já no próximo dia 2 de abril, na sexta-feira.

A LCGB denuncia que a administração recusou, desde o início das negociações, um plano de manutenção do emprego e quaisquer medidas voluntárias, como o plano de saída voluntária ou o ajuste de pré-reforma.

Embora tenham sido propostos montantes de indemnização para os trabalhadores em causa, o sindicato refere que os valores continuam a ser "insuficientes para compensar os danos causados pelo despedimento dos funcionários". As duas partes estão "de costas voltadas desde 24 de março" e sem terem alcançado qualquer acordo de plano social.

A delegação de pessoal e a LCGB lembram que este plano social não está ligado à crise pandémica, mas apenas à redução de custos operacionais para melhorar o resultado financeiro da empresa, em detrimento dos funcionários.

A IBM Global gerou em 2020 uma receita operacional líquida de 7,8 mil milhões de dólares face a um volume de negócios de 73,2 mil milhões.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Plano social na IBM Luxemburgo põe em risco 38 empregos
O plano social anunciado pela filial luxemburguesa da empresa de informática IBM poderá pôr em causa 38 postos de trabalho. A revelação foi feita esta quarta-feira pela central sindical LCGB, numa nota divulgada às redações.