Escolha as suas informações

Marcelo visita hoje a Cidade Proibida e janta com exportadores portugueses

Marcelo visita hoje a Cidade Proibida e janta com exportadores portugueses

Foto: Lusa
Economia 2 min. 28.04.2019

Marcelo visita hoje a Cidade Proibida e janta com exportadores portugueses

Presidente da República prossegue visita à China.

O Presidente da República visita hoje a Cidade Proibida, em Pequim, almoça com agentes de difusão da língua e cultura portuguesas na China e janta com alguns dos maiores exportadores portugueses para o mercado chinês.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou à China na sexta-feira, onde estará seis dias, para participar na segunda edição do fórum "Faixa e Rota", iniciativa chinesa de investimento em infraestruturas, no sábado, e depois para uma visita de Estado, a convite do seu homólogo, Xi Jinping, entre segunda e quarta-feira, que termina em Macau.

Hoje, o seu programa em Pequim começa com uma visita à Cidade Proibida, onde viveram os antigos imperadores e uma das principais atrações turísticas do país.

Ao jantar, estará com representantes de alguns dos maiores exportadores portugueses para o mercado chinês como a empresa de celulose Caima, a cervejeira Super Bock, as construturas Mota-Engil e Teixeira Duarte, o grupo têxtil TMG e a empresa de calcários Filstone.

O chefe de Estado afirmou no sábado que pretende ouvi-los sobre "como é que veem a sua experiência" na China, "o que é que está a correr bem, o que é que está a correr menos bem, o que é que sonham, o que é que projetam para o futuro".

Antes, ao almoço, estará com agentes de difusão da língua e cultura portuguesas na China, editoras chinesas que publicam autores portugueses, tradutores e professores das universidades de Pequim, Macau e Xangai.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, este encontro "é muito importante para medir se o que se tem feito é suficiente, se é preciso fazer mais para que Portugal seja conhecido aqui na China, e inversamente, como é que se pode conhecer em Portugal também mais a cultura chinesa".

Pela parte do Governo, integram a comitiva do chefe de Estado na República Popular da China os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, e o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.

Na segunda-feira, primeiro dia da sua visita de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa será recebido pelo Presidente da China, Xi Jinping, com honras militares, no Grande Palácio do Povo e terá também uma reunião com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang.

Durante a visita de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa estará acompanhado também por uma delegação parlamentar composta pelos deputados Adão Silva, do PSD, Filipe Neto Brandão, do PS, Telmo Correia, do CDS-PP, pelo líder parlamentar do PCP, João Oliveira, e por Heloísa Apolónia, do Partido Ecologista "Os Verdes".

Bloco de Esquerda e PAN não quiseram estar nesta visita, opção que justificaram com a situação dos direitos humanos e das liberdades na China.

Lusa


Notícias relacionadas

Marcelo na Cidade Proibida
Presidente da República sublinhou, perante professores e agentes literários chineses, a importância da língua portuguesa.