Escolha as suas informações

Mais duas sondagens dão como certa saída do Reino Unido da União Europeia
Economia 06.06.2016 Do nosso arquivo online
Brexit

Mais duas sondagens dão como certa saída do Reino Unido da União Europeia

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse que sair da União Europeia seria pôr uma bomba debaixo da economia britânica
Brexit

Mais duas sondagens dão como certa saída do Reino Unido da União Europeia

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse que sair da União Europeia seria pôr uma bomba debaixo da economia britânica
Foto: Reuters
Economia 06.06.2016 Do nosso arquivo online
Brexit

Mais duas sondagens dão como certa saída do Reino Unido da União Europeia

O cenário de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) ganha força, com mais duas sondagens a darem força ao Brexit. Estes resultados seguem a tendência de dois outros estudos publicados na semana passada.

O cenário de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) ganha força, com mais duas sondagens a darem força ao Brexit. Estes resultados seguem a tendência de dois outros estudos publicados na semana passada.

A possível saída dos britânicos da Europa a 28 está a preocupar os líderes mundiais como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a chanceler alemã, Angela Merkel. A líder alemã disse mesmo que o Reino Unido corria o risco de ficar isolado se saísse da UE. Também o Fundo Monetário Internacional já alertou para o impacto significativo se aquele cenário se concretizar.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, - que está a favor da manutenção do Reino Unido – afirmou, em reacção às sondagens, que sair da União Europeia seria pôr uma bomba debaixo da economia britânica. O referendo acontece a 23 de Junho e as campanhas a favor e contra adensam-se.


Notícias relacionadas

No primeiro dia da sua visita ao Reino Unido, o presidente dos Estados Unidos lançou uma bomba atómica, desta vez não escolheu o Twitter, usou o The Sun do seu amigo Murdoch para dizer que o Brexit suave liquida qualquer acordo com os norte-americanos e que gostava muito de ver Boris Johnson como futuro primeiro-ministro do Reino Unido. Isso no dia em que a primeira-ministra que o recebe, e o trata por "querido amigo", apresentou o seu plano de saída da União Europeia.
O português Miguel Torres, um engenheiro informático de 34 anos que vive em Cambridge (Inglaterra), percorreu seis países da União Europeia (UE) em apenas cinco dias montado numa bicicleta. Um percurso de 600 quilómetros que passou pelo Luxemburgo.
Miguel Torres passou pelo Luxemburgo