Escolha as suas informações

Luxemburgueses estão a poupar mais
Economia 14.05.2020

Luxemburgueses estão a poupar mais

Luxemburgueses estão a poupar mais

Wort
Economia 14.05.2020

Luxemburgueses estão a poupar mais

Em tempos de crise, 61% dos residentes no Grão-Ducado admitem gastar menos dinheiro. Em contrapartida, 56% mostram-se mais preocupados com a situação financeira.

Numa altura em que o governo se prepara para entrar na terceira fase de desconfinamento com o regresso à "normalidade" no horizonte, o ING Luxembourg lançou um inquérito para perceber o impacto da crise sanitária nas finanças das famílias. Num universo de 500 pessoas, 86% decidiram fazer poupanças entre março e abril. 

Com grande parte do comércio fechado, 61% dos inquiridos admitem gastar menos dinheiro. Se não fosse a elevada percentagem de pessoas, 56%, que se revelam "mais preocupadas do que o habitual com a sua situação financeira", os dados recolhidos pelo banco luxemburguês podiam ser confundidos com solidez financeira. No sentido oposto, 32% dos inquiridos assumem que a pandemia do novo coronavírus afetou negativamente as suas finanças pessoais. 

Ne estudo de opinião o ING também quis medir a confiança dos inquiridos quanto à estratégia do governo para ultrapassar a pandemia. Três em cada quatro, diz-se "confiante". Nesta percentagem de 75%, 23% admitem-se "muito confiantes" e outros 52% "bastante confiantes". 

Em pormenor, pode observar-se que os jovens são os mais optimistas em relação ao desfecho da crise que pôs o país a meio-gás. 80% dos inquiridos com idades entre os 18 e os 34 anos acredita que a estratégia do governo está a funcionar. O número cai para 72% entre as pessoas com 35 a 54 anos. A partir dos 55, a proporção de optimistas aumenta novamente, com 77% dos inquiridos a validar as opções do executivo liderado por Xavier Bettel. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.