Escolha as suas informações

Breves Economia por Redação 03.03.2020

Luxemburgo tem uma das maiores subidas da taxa de desemprego

A taxa de desemprego no Grão-Ducado continuou a subir no primeiro mês do ano, mantendo a tendência inversa da União Europeia (UE). Além disso, registou um dos maiores aumentos do bloco a 27.

De acordo com o Eurostat, a taxa de desemprego no Luxemburgo situou-se nos 5,7% em janeiro deste ano, um aumento de 0,5 pontos percentuais (p.p.), face aos 5,2% verificados no mesmo mês de 2019. Só na Suécia (de 6,5%, para 7%) e na Lituânia (6,1%, para 6,6%) houve um acréscimo da mesma dimensão. No total, o desemprego subiu em cinco países: Portugal encontra-se neste conjunto (a taxa aumentou de 6,6%, para 6,9%).

Na UE a 27, a taxa desceu em termos homólogos, de 6,9%, para 6,6%. Quanto à zona euro, verifica-se o mesmo movimento, o recuo foi de 7,8%, para 7,4%.