Escolha as suas informações

Luxemburgo tem segundo maior aumento da carga fiscal da UE
Economia 28.11.2018 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem segundo maior aumento da carga fiscal da UE

Luxemburgo tem segundo maior aumento da carga fiscal da UE

Foto: Getty Images/iStockphoto
Economia 28.11.2018 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem segundo maior aumento da carga fiscal da UE

Os contribuintes do Luxemburgo sentiram o segundo maior aumento da carga fiscal da União Europeia (UE). De acordo com dados divulgados hoje pelo Eurostat, a carga fiscal foi de 40,3% no ano passado.


Este valor é o décimo mais elevado do total do bloco dos 28 e fica ligeiramente acima da média europeia, que é de 40,2%. E quando comparado com o ano anterior, verifica-se que o Grão-Ducado teve o segundo maior aumento da UE: em 2016, a carga fiscal tinha sido de 39,4%, e em 2017 foi de 40,3%.

A carga fiscal subiu em 15 Estados-membros, sendo que o maior aumento foi sentido pelos contribuintes do Chipre. Os países onde mais caiu são a Hungria, Roménia e Estónia.

A carga fiscal é medida pelo peso da receita fiscal no Produto Interno Bruto (PIB) e tem em conta os impostos diretos (sobre o rendimento das pessoas singulares e empresas) e os indiretos (sobre o consumo), bem como as contribuições sociais.

Os países que têm a maior carga fiscal são França, Bélgica e Dinamarca. Portugal surge na 14a posição com 36,9%, uma subida de 0,3 pontos percentuais face a 2016.


Notícias relacionadas

Eurostat: Carga fiscal baixou no Luxemburgo em 2015
A carga fiscal baixou no ano passado no Luxemburgo. De acordo com o Eurostat, a receita com impostos e contribuições para a Segurança Social representava 39,1% do Produto Interno Bruto, uma queda face aos 39,4% registados em 2014.
A carga fiscal caiu para 39,1%.
Eurostat: Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da UE
O Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da União Europeia (UE). De acordo com o Eurostat, a dívida situou-se nos 21,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, o que equivale a 11,4 mil milhões de euros. Já Portugal tem a terceira dívida mais alta.
A dívia luxemburguesa situa-se nos 21,8% do PIB