Escolha as suas informações

Luxemburgo tem dos menores aumentos do custo da mão-de-obra
Economia 17.06.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem dos menores aumentos do custo da mão-de-obra

Luxemburgo tem dos menores aumentos do custo da mão-de-obra

Foto: Shutterstock
Economia 17.06.2020 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem dos menores aumentos do custo da mão-de-obra

Na zona euro os custos aumentaram 3,4% enquanto na UE foi de 3,7%.

Os custos horários anuais da mão-de-obra no Luxemburgo aumentaram no primeiro trimestre 0,4%. No trimestre anterior, o último de 2019, o custo anual subiu 0,6%.

Segundo dados divulgados pelo gabinete europeu de estatísticas, Eurostat, na comparação homóloga do primeiro trimestre entre os países da União Europeia (UE), apenas a Croácia obteve um resultado mais baixo que o Luxemburgo, com 0,3% de crescimento.

As maiores subidas dos custos anuais de mão-de-obra foram registadas na Lituânia (11,4%), na Bulgária (10,2%) e na Eslováquia (9,8%).

Na zona euro os custos aumentaram 3,4% enquanto na UE foi de 3,7%.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O custo da mão-de-obra no Luxemburgo aumentou 4,5% no segundo trimestre, face ao mesmo período do ano passado, enquanto tanto na zona euro como no total da União Europeia estes custos subiram 1,2%.
Os dois principais componentes dos custos de trabalho são os salários e outras despesas, como obrigações sociais a cargo do empregador