Escolha as suas informações

Luxemburgo tem consumo e PIB per capita mais elevados da União Europeia
Economia 19.06.2019 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem consumo e PIB per capita mais elevados da União Europeia

Luxemburgo tem consumo e PIB per capita mais elevados da União Europeia

Foto: Pixabay
Economia 19.06.2019 Do nosso arquivo online

Luxemburgo tem consumo e PIB per capita mais elevados da União Europeia

O consumo efetivo real representa o nível de vida das famílias da UE e o PIB ‘per capita’ mostra as diferenças económicas entre os Estados-membros.

O Luxemburgo teve os níveis de consumo e um Produto Interno Bruto (PIB) por habitante mais elevados da União Europeia (UE), divulgou hoje o Eurostat. No ano passado, o consumo efetivo real no Grão-Ducado era de 132% em relação à média comunitária, enquanto o PIB ‘per capita’ se situou em 254% face a toda a União.

O indicador do consumo efetivo real tem grandes variações entre países: variou entre os 56% na Bulgária e os 132% no Luxemburgo.

Já o PIB por habitante, variou entre os 50% face à média da UE na Bulgária e os 254% no Luxemburgo.

Em ambos os indicadores, Portugal ficou a meio da tabela nestes dados de 2018.

Enquanto o consumo efetivo real representa o nível de vida das famílias da UE, o PIB ‘per capita’ mostra as diferenças económicas entre os Estados-membros. No entanto, o Eurostat nota a particularidade do Luxemburgo. O gabinete de estatística da UE explica que o elevado PIB per capita do Grão-Ducado deve-se à grande fatia de transfronteiriços no mercado laboral total. É que os tranfronteiriços contribuem para o PIB, mas estes trabalhadores não são tidos em conta como parte da populaçãpo residente que é utilizada para calcular o PIB per capita.


Notícias relacionadas

O Luxemburgo é o país da União Europeia que mais dinheiro gastou em questão relacionadas com a ordem pública e segurança, de acordo com dados do Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) referentes a 2015.
O consumo individual efectivo (CIE) expresso em paridade do poder de compra variou em 2014 na União Europeia (UE) entre os 141% no Luxemburgo e os 51% na Bulgária, divulga o Eurostat.
O Luxemburgo tem o maior poder de compra da UE