Escolha as suas informações

Luxemburgo. Ofertas de emprego na construção aumentam 38%
Economia 20.01.2021

Luxemburgo. Ofertas de emprego na construção aumentam 38%

Luxemburgo. Ofertas de emprego na construção aumentam 38%

Foto: Chris Kraba/Luxemburger Wort
Economia 20.01.2021

Luxemburgo. Ofertas de emprego na construção aumentam 38%

Diana ALVES
Diana ALVES
O ramo da construção é aquele onde o número de postos vagos mais cresceu. Em oposição a Horeca foi o setor com menos ofertas de trabalho.

Depois das subidas repentinas nos meses de março e abril, a taxa de desemprego no Grão-Ducado manteve-se estável no final de 2020. Os dados divulgados esta quarta-feira pela Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM), revelam que a percentagem de desempregados manteve-se nos 6,4% no mês de dezembro. As ofertas de emprego caíram face ao ano anterior, mas há setores à procura de mão-de-obra e a construção é um deles. 

O ramo da construção é aquele onde o número de postos vagos mais cresceu (+38%), seguindo-se o da saúde (+11%) e o financeiro (+7%). Por outro lado, consequência da atual crise e do encerramento de cafés e restaurantes, o setor da Horeca surge como aquele onde o número de ofertas de trabalho mais caiu (-53%), aparecendo logo depois o do comércio (-26%) e o do transporte e logística (-15%).    

Segundo a ADEM, desde o mês de agosto que a taxa de desemprego no país ronda os 6,3% ou 6,4%. Em números absolutos, os centros de emprego da ADEM totalizavam, no final de dezembro de 2020, 19.918 residentes inscritos. 


Falências estáveis em 2020. Construção foi o setor que mais empregos perdeu
Ao contrário do que se pensava, o número de falências manteve-se estável durante o ano da pandemia. Mesmo assim, centenas de pessoas ficaram sem trabalho e o setor da construção foi aquele que mais empregos perdeu.

Na comparação homóloga, verifica-se um aumento de 3.386 inscrições, o que equivale a 20,5%. Neste momento, há 9.911 residentes a receber o subsídio de desemprego no país, tratando-se de um aumento anual de 22%. Em dezembro, a ADEM foi notificada de 2.275 ofertas de trabalho. Este número eleva para 6.276 o total de postos de trabalho vagos nas empresas inscritas na agência do emprego, constatando-se aqui uma queda anual de 1,9%. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Desemprego continua abaixo dos 6%
A taxa de desemprego no Luxemburgo manteve-se abaixo dos 6% no mês de fevereiro, de acordo com dados divulgados hoje pela Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM).