Escolha as suas informações

Luxemburgo foi o terceiro país da UE com menos dívida pública no terceiro trimestre de 2020
Economia 2 min. 22.01.2021

Luxemburgo foi o terceiro país da UE com menos dívida pública no terceiro trimestre de 2020

Luxemburgo foi o terceiro país da UE com menos dívida pública no terceiro trimestre de 2020

Foto: LW
Economia 2 min. 22.01.2021

Luxemburgo foi o terceiro país da UE com menos dívida pública no terceiro trimestre de 2020

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Segundo os dados do Eurostat, divulgados esta semana, para o período de julho a setembro, Portugal também ocupou o terceiro lugar, mas no extremo oposto, no grupo dos países mais endividados.

O Luxemburgo foi o terceiro país da União Europeia (UE) com menor dívida pública, no terceiro trimestre de 2020. 

Segundo os dados do Eurostat, de julho a setembro, o Grão-Ducado apresentou uma dívida de 26,1% do Produto Interno Bruto (PIB), ficando apenas atrás da Bulgária (25,3%) e da Estónia (18,5%), no grupo dos Estados-membros menos endividados.

Também no terceiro lugar, mas no extremo oposto ficou Portugal, que continuou, para o período em análise, a apresentar a terceira maior dívida da UE, correspondente a 130,8% do PIB. O primeiro lugar foi ocupado pela Grécia (199,9%) e o segundo pela Itália (154,2%). 

Com dívidas acima de 100% do PIB, no mesmo período, ficaram também países como o Chipre (119,5%), França (116,5%), Espanha (114,1%) e Bélgica (113,2%).

Em termos gerais, a dívida aumentou para os 97,3%, na zona euro, e para os 89,8%, no conjunto mais alargado da União Europeia (UE), durante o terceiro trimestre de 2020. 

Na zona euro, essa subida representou um acréscimo tanto em relação ao período anterior (95,0%), como na variação homóloga (85,8% no mesmo período de 2019). Já na UE, o rácio da dívida aumentou de 87,7% para 89,8% na variação trimestral, tendo sido de 79,2% no terceiro trimestre de 2019.

Portugal com a quarta maior subida

Em comparação com o segundo trimestre de 2020, vinte Estados-membros registaram um aumento do rácio da dívida pública em relação ao PIB no final do terceiro trimestre de 2020 e outros cinco registaram uma diminuição, enquanto o rácio se manteve estável na Estónia e na Holanda.  Portugal registou a quarta maior subida trimestral.

Os maiores aumentos no rácio verificaram-se na Grécia (8,5 pontos percentuais - pp), Chipre (6,2 pp), Itália (4,9 pp), Portugal (4,8 pp), Lituânia (4,6 pp) e Bulgária (4,0 pp). 

Por outro lado,  registaram-se diminuições na Áustria (-3,4 pp), Finlândia (-1,7 pp), República Checa (-1,5 pp), Bélgica (-0,9 pp) e Irlanda (-0,7 pp).

com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Luxemburgo com o sexto maior excedente da União Europeia
O Grão-Ducado registou um excedente de 0,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre de 2019. É o sexto maior superávite dos 28, mas representa um tombo significativo quando comparado com o excedente de 2,6% verificado no trimestre anterior e de 4,1% observado no período homólogo.
Eurostat: Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da UE
O Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da União Europeia (UE). De acordo com o Eurostat, a dívida situou-se nos 21,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, o que equivale a 11,4 mil milhões de euros. Já Portugal tem a terceira dívida mais alta.
A dívia luxemburguesa situa-se nos 21,8% do PIB