Escolha as suas informações

Luxemburgo. Estes setores continuam a recrutar
Economia 2 min. 12.01.2021

Luxemburgo. Estes setores continuam a recrutar

Luxemburgo. Estes setores continuam a recrutar

Foto: Guy Wolff/Luxemburger Wort
Economia 2 min. 12.01.2021

Luxemburgo. Estes setores continuam a recrutar

Nadia DI PILLO
Nadia DI PILLO
Enquanto alguns setores foram obrigadas a restringir sua atividade ou a recorrer ao desemprego parcial, outros lutam para encontrar pessoal.

Ao mesmo tempo que o Luxemburgo regista um declínio no mercado de trabalho, alguns setores continuam com dificuldade em encontrar mão-de-obra. 

De acordo com os dados fornecidos por Jean Ries, chefe de estatísticas e estudos da Adem, à edição alemã do Luxemburger Wort, candidatos com especialização em contabilidade, tecnologias de informação ou secretariado têm mais hipóteses de encontrar um emprego no país.

Outro dos setores onde se continua a recrutar é a construção onde os perfis procurados vão desde "pedreiros a carpinteiros, técnicos de aquecimento e canalização, operadores de máquinas, pintores, estucadores e ladrilhadores", esclarece Sandrine Mesnil, dos Recursos Humanos da Randstad Luxemburgo.

No mesmo sentido o setor logístico e industrial continua com falta de candidatos. "A procura destina-se principalmente a trabalhadores da produção, condutores de empilhadores, soldadores, eletromecânicos, condutores e trabalhadores de armazéns", acrescenta. Também no setor do retalho, "a procura é grande, especialmente nos supermercados". Pelo menos assim o era antes do encerramento do comércio não-essencial, que voltou a abrir portas a 11 de janeiro

Sem surpresas, a saúde continua também com falta de profissionais. A escassez de pessoal tornou-se uma prioridade política, embora as negociações orçamentais com o Fundo de Seguro de Saúde para os anos 2021-2022 ainda estejam em curso. "É por isto que ainda não sabemos o que nos será concedido", diz Sylvain Vitalie, Secretária-Geral da Federação Hospitalar do Luxemburgo. No entanto, Vitalie estima que "pelo menos 160 novos postos serão criados nos próximos dois anos". 


"Poder concluir um curso de Medicina no Luxemburgo é um imperativo categórico"
Fundação Idea alerta para "a situação já muito precária em termos de demografia médica" a que o país assiste.

Em contraste com a crise de 2008/2009, a praça financeira foi apenas ligeiramente afetada pela pandemia. No início de 2021, as novas contratações vão ser, sobretudo, "em pequenas e médias empresas, bem como em escritórios familiares e fundos de investimento", nota Florence Marquet, diretora da Experia HR Consulting & Recruitment. Procuram-se perfis muito específicos, como especialistas em conformidade, gestão de riscos, contabilistas, ou especialistas em recursos humanos, segurança cibernética e inteligência artificial. 

Nathalie Delebois, diretora da DO Recruitment Advisors, acredita que "quanto mais digital for uma empresa, melhor irá resistir à crise atual". Para a diretora embora a questão do ordenado continue a ser "um dos fatores mais importantes", "a realização no trabalho está a tornar-se uma prioridade", particularmente dentro de estruturas que têm "uma verdadeira cultura empresarial". 

Tradução e edição de Ana Patrícia Cardoso. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.