Escolha as suas informações

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde os salários menos subiram

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde os salários menos subiram

Foto: Getty Images
Economia 14.09.2018

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde os salários menos subiram

O Luxemburgo é o terceiro país da União Europeia onde os salários menos subiram no segundo trimestre do ano. O aumento dos salários foi de 0,8% entre abril e junho deste ano, face aos mesmos meses do ano passado, de acordo com os dados do Eurostat.

Foi no setor da indústria que os salários mais subiram (1,2%), seguindo-se os serviços (0,9%) e a construção (0,1%).

Os trabalhadores na Holanda foram os que viram as suas remunerações subir menos: apenas 0,3%. Na Letónia registou-se o maior aumento: de 17,5%.

O gabinete de estatísticas europeu apresenta também dados sobre o custo por hora trabalhada, que inclui os gastos com impostos e contribuições que o empregador tem de suportar. Neste caso, o Grão-Ducado está no último lugar do ranking, ou seja, teve a menor subida no segundo trimestre: de 0,6%.

Uma evolução mais fraca destes custos acaba por dar uma vantagem competitiva ao Luxemburgo face aos outros países, onde os custos aumentaram mais.


Notícias relacionadas

STATEC: Salários cresceram 3,8% num ano
Os salários nominais cresceram 3,8% no segundo trimestre deste ano no Luxemburgo, segundo dados revelados no último “Flash Conjoncture”, do Instituto Nacional da Estatística (STATEC).