Escolha as suas informações

Luxemburgo é o quinto país da UE com o gás mais barato

Luxemburgo é o quinto país da UE com o gás mais barato

Foto: AFP
Economia 07.08.2018

Luxemburgo é o quinto país da UE com o gás mais barato

O Luxemburgo ocupa o quinto lugar no ranking dos países da União Europeia (UE) com o gás mais barato. Já no que se refere à eletricidade, a posição não é tão vantajosa para os consumidores que residem no Grão-Ducado, já que o país se encontra a meio da tabela.

O Luxemburgo ocupa o quinto lugar no ranking dos países da União Europeia (UE) com o gás mais barato. Já no que se refere à eletricidade, a posição não é tão vantajosa para os consumidores que residem no Grão-Ducado, já que o país se encontra a meio da tabela.

Os dados são do Eurostat, que publicou pela primeira vez dados comparáveis sobre os preços da eletricidade e gás natural. No entanto, é preciso ter em conta que há países para os quais os dados não estão disponíveis, como é o caso da Alemanha, Espanha e Itália, por exemplo.

Os preços variam consoante um conjunto de fatores, como as condições da procura e oferta, a situação geopolítica, as condições meteorológicas, os padrões de energia e os custos de transporte.

Os consumidores no Luxemburgo pagam cerca de quatro cêntimos por kilowatt-hora pelo gás natural. Os países com o gás mais caro são a Suécia, Irlanda e Portugal e o mais barato encontra-se na Roménia, Bulgária e Hungria.

Em termos de eletricidade, o valor pago no Grão-Ducado ultrapassa os 15 cêntimos por kilowatt-hora. Os Estados-membros com a eletricidade mais cara são a Bélgica, Dinamarca e Portugal. Já a luz mais barata encontra-se na Bulgária, Lituânia e Hungria.