Escolha as suas informações

Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir obrigações sustentáveis no mercado
Economia 08.09.2020

Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir obrigações sustentáveis no mercado

Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir obrigações sustentáveis no mercado

Foto: Guy Jallay
Economia 08.09.2020

Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir obrigações sustentáveis no mercado

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir dívida sustentável. O país já foi ao mercado esta segunda-feira e angariou 1,5 mil milhões de euros, congratulou-se o ministro das Finanças, Pierre Gramegna.

O Luxemburgo é o primeiro país europeu a emitir dívida sustentável. O país já foi ao mercado esta segunda-feira e angariou 1,5 mil milhões de euros, segundo o ministro das Finanças, Pierre Gramegna. 

Os títulos obrigacionistas em questão incidem sobre projetos de caráter ambiental e social. Os 1,5 mil milhões de euros obtidos com esses títulos serão investidos pelo Governo em projetos sustentáveis, como a construção de habitação ecológica, na transição energética, no desenvolvimento de transportes com baixas emissões de dióxido de carbono ou numa gestão mais eficiente da água.

Projetos sociais em setores como educação, mercado de trabalho ou saúde vão poder ser também financiados pelas receitas criadas. Pierre Gramegna disse estar "muito satisfeito" com a procura dos títulos sustentáveis que foi oito vezes superior à oferta, resultando num juro de -0,123% a 12 anos.


Luxemburgo precisaria de oito planetas para ser sustentável
Se o mundo aderisse ao modo de vida e ao consumo luxemburgueses, a Terra já teria esgotado os seus recursos em fevereiro.

O titular da pasta das Finanças defende que a iniciativa inovadora do Luxemburgo vai abrir caminho para um financiamento mais verde e mais social, no respeito pelos compromissos do país com as metas da ONU sobre o desenvolvimento sustentável e em alinhamento com a política de investimento público. Na operação estiveram envolvidos os bancos BCEE, BIL, BGL BNP Paribas, Société Générale e Deutsche Bank. A emissão dos títulos será também cotada na Bolsa de Valores do Luxemburgo.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas