Escolha as suas informações

Luxemburgo é dos países com maior produtividade por hora de trabalho
Economia 08.09.2020

Luxemburgo é dos países com maior produtividade por hora de trabalho

Luxemburgo é dos países com maior produtividade por hora de trabalho

Foto: Pierre Matge
Economia 08.09.2020

Luxemburgo é dos países com maior produtividade por hora de trabalho

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Luxemburgo é um dos Estados-membros da União Europeia (UE) com maior taxa de produtividade por hora de trabalho efetuado.

Segundo os dados divulgados pelo gabinete de estatísticas Pordata (da Fundação Francisco Manuel dos Santos), o Luxemburgo é o segundo país a apresentar a melhor média, com 175,3%, no conjunto dos 27 Estados-membros da UE. 

Nos números relativos a 2019, o GrãO-Ducado surge assim bastante acima dos 100% de referência da UE no que toca ao PIB por hora de trabalho. Um pouco melhor que o Luxemburgo a gerar mais riqueza por hora trabalhada, está a Irlanda, com 176,5%. A Dinamarca fecha o pódio, no terceiro lugar, com 137,3%, enquanto Portugal é dos países com menor produtividade por hora de trabalho, com 66,3%.  

Na cauda da lista estão a Grécia (62,7%), Letónia (59,9%) e Bulgária (48,1%) com a produtividade mais baixa por cada hora laboral.


Luxemburgo. Quase metade dos trabalhadores têm competências desajustadas
São as conclusões de um estudo do Liser que revela que a existência de trabalhadores com competências a mais ou a menos, em relação ao seu posto de trabalho, pode custar 10% da produtividade.

A taxa de produtividade por hora de trabalho efetuado permite comparar a produtividade das economias nacionais com a média da União Europeia (UE27). Se o índice de um país é superior a 100, o nível de PIB por hora de trabalho desse país é superior à média da UE27, e vice-versa.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Carne no Luxemburgo é das mais caras da UE
Seja carne de vaca, de porco, frango ou cordeiro. Comprar carne no Luxemburgo implica gastar mais do que em praticamente todos os países da União Europeia (UE), revela um estudo do Eurostat.