Escolha as suas informações

Luxemburgo e Coreia dão as mãos para explorar o Espaço
Economia 2 min. 28.11.2022
Missão Económica

Luxemburgo e Coreia dão as mãos para explorar o Espaço

O Grão-Duque Herdeiro ladeado pelo ministro da Economia luxemburguês, Franz Fayot e o ministro da Ciência e Tecnologia da Coreia, Lee Jong-ho e as restantes autoridades que participaram na cerimónia de assinatura do acordo.
Missão Económica

Luxemburgo e Coreia dão as mãos para explorar o Espaço

O Grão-Duque Herdeiro ladeado pelo ministro da Economia luxemburguês, Franz Fayot e o ministro da Ciência e Tecnologia da Coreia, Lee Jong-ho e as restantes autoridades que participaram na cerimónia de assinatura do acordo.
Foto: SIP
Economia 2 min. 28.11.2022
Missão Económica

Luxemburgo e Coreia dão as mãos para explorar o Espaço

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
A Coreia quer lançar um veículo espacial em Marte em 2045.

Estabelecer uma colaboração efetiva na exploração do setor espacial é o principal objetivo do memorando de entendimento (MoU) assinado esta segunda-feira pelo ministro da Economia luxemburguês, Franz Fayot, e pelo ministro da Ciência e Tecnologia da República da Coreia, Lee Jong-ho, em Seul.

Os dois países elegeram este setor como uma das prioridades de investimento económico. Assim, o Luxemburgo conta investir nesta área cerca de 110 milhões de euros nos próximos quatro anos. O setor do Espaço tem atualmente cerca de 70 empresas e centros de investigação no Grão-Ducado.

"A Coreia aumentou as suas competências no setor do espaço no desenvolvimento de satélites e veículos de lançamento", afirmou Lee Jong-ho, responsável pelo setor da ciência coreano, durante a cerimónia de assinatura do memorando, acrescentando que o "Luxemburgo desempenha um papel líder no desenvolvimento da indústria espacial na Europa". 


Veja as imagens. Grão-Duque Herdeiro visitou o Palácio Real de Seul
Pouco depois de aterrar na capital da Coreia do Sul, o Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, e o ministro da Economia, Franz Fayot, visitaram o Palácio Real de Seul.

Através deste acordo os dois países querem criar "um quadro de trabalho com colaboração bilateral na exploração do espaço", referiu Sang-Ryool Lee, presidente do Instituto de Investigação Aeroespacial da Coreia. 

"As áreas de cooperação serão ciência espacial, tecnologia aplicada, políticas espaciais e uso sustentado dos meios espaciais", acrescentou. Para cada uma destas áreas será criado um grupo de trabalho entre os dois países para desenvolver esta cooperação através nomeadamente de conferências conjuntas. 

"Apostando nas nossas forças penso que poderemos estabelecer uma cooperação na indústria, na definição de políticas espaciais, apoiadas em fortes relações internacionais, numa altura em que estamos a entrar na era da economia espacial", sublinhou o ministro da República da Coreia durante a assinatura do acordo. "Como estamos em dois continentes diferentes, Ásia e Europa, podemos funcionar como um hub de cooperação internacional", afirmou, por outro lado, o responsável pelo setor da ciência coreano.

"Este acordo representa um marco importante no reforço da cooperação dos setores do espaço dos dois países, possibilitando o desenvolvimento de projetos comuns concretos entro os dois ecossistemas espaciais, por parte das diferentes indústrias e centros de investigação", afirmou, por seu lado, Franz Fayot, ministro da Economia do Luxemburgo.


Raphaël Liégeois. O primeiro astronauta de Differdange
Embora tenha nascido na Bélgica em 1988, as suas raízes estão no Grão-Ducado. Os pais do novo astronauta moram há muitos anos no Luxemburgo.

De visita ao Korea Space Forum 2022, o presidente coreano enunciou as prioridades da Coreia para o Espaço nomeadamente colocar um veículo espacial em Marte em 2045. Para além disso será criado um Fundo Privado para investimento nas empresas do setor espacial. 

(Enviada especial à Coreia do Sul)

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas