Escolha as suas informações

Luxemburgo é campeão europeu na compra de livros online
Economia 26.11.2018 Do nosso arquivo online

Luxemburgo é campeão europeu na compra de livros online

Luxemburgo é campeão europeu na compra de livros online

Foto: Paul Ellis/AFP
Economia 26.11.2018 Do nosso arquivo online

Luxemburgo é campeão europeu na compra de livros online

O Luxemburgo é o país da União Europeia (UE) que mais compra livros e revistas pela Internet. Segundo um estudo realizado pelo gabinete europeu de estatísticas, Eurostat, 71% da população do grão-ducado, comprou estes produtos 'online', no ano passado. Em segundo lugar surgem os holandeses.

Há cada vez mais pessoas na União Europeia (UE) a utilizarem a Internet para fazer compras, é umas principais conclusões do mais recente estudo do gabinete europeu de estatísticas. De acordo com o Eurostat, os consumidores apreciam a conveniência de fazer compras a qualquer hora e em qualquer lugar, com a facilidade de poderem comparar os preços. Atrás dos luxemburgueses fica a Holanda onde 48% das compras de livros e revistas são feitas através da internet, seguidos da Noruega (47%), Alemanha (47%), Suíça (46%) e Reino Unido (44%). 

Hoje assinala-se o Cyber Monday, ou seja, a segunda-feira cibernética. A grande diferença com a Black Friday é que neste dia os descontos fazem-se exclusivamente 'online'. Outro dado relevante sobre o Luxemburgo diz respeito à compra 'online' de produtos relacionados com as férias, como os bilhetes de avião ou as reservas de alojamento. Neste segmento, o Grão-Ducado surge em segunda posição com 73%, logo atrás da Suíça com 78%. Já no que toca à compra de bens alimentares e produtos para a casa apenas 20% dos luxemburgueses fizeram-no online. 

Na análise do Eurostat, no geral os britânicos são os maiores consumidores 'online' da UE. No ano passado, 86% dos cidadãos do Reino Unido fizeram compras na Internet. Em segundo lugar surgem os suíços, com 84%. A fechar este pódio, estão em igualdade percentual (82%) os consumidores do Luxemburgo, Dinamarca e Alemanha. 

Nos últimos dez anos, as compras online aumentaram em todas as faixas etárias na UE, com maior subida entre os utilizadores entre os 16 e 24 anos ( de 44 % em 2007 para 71 % em 2017).


Susy Martins

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Luxemburgo é o país da União Europeia que mais dinheiro gastou em questão relacionadas com a ordem pública e segurança, de acordo com dados do Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) referentes a 2015.