Escolha as suas informações

Luxemburgo devolve 10 milhões de euros confiscados ao Peru
Economia 18.12.2020

Luxemburgo devolve 10 milhões de euros confiscados ao Peru

Luxemburgo devolve 10 milhões de euros confiscados ao Peru

Economia 18.12.2020

Luxemburgo devolve 10 milhões de euros confiscados ao Peru

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O governo luxemburguês vai devolver ao Peru cerca de 10 milhões de euros confiscados no âmbito de um caso de corrupção que envolve um antigo funcionário público daquele país da América Latina.

Os ministérios da Justiça e dos Negócios Estrangeiros referem num comunicado conjunto que o Luxemburgo, a Suíça e o Peru assinaram um acordo trilateral com vista à devolução ao país latino-americano de um total de 26 milhões de euros. 

O Luxemburgo vai devolver 9,7 milhões e a Suíça 16,3 milhões referentes a vários casos de corrupção, mas com a condição de o dinheiro ser utilizado em benefício da população local.

Os dois ministérios referem que os fundos em causa vão ser alocados em projetos que vão "reforçar o Estado de Direito e a luta contra a corrupção".

Segundo a ministra da Justiça, Sam Tanson, “este passo exemplar mostra que o governo luxemburguês pretende preservar o seu centro financeiro de capitais resultantes de transacções ilegais, em particular da corrupção como neste caso específico. 

Este acordo entre Luxemburgo, Suíça e Peru demonstra que uma cooperação entre autoridades pode levar a um final feliz. O povo peruano vai receber o seu dinheiro de volta e pode investi-lo de forma útil", lê-se no comunicado.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, saudou também este acordo, referindo que “este resultado é o culminar de vários anos de esforços e de negociações construtivas levadas a cabo com os parceiros suíços e peruanos".  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.