Escolha as suas informações

Luxemburgo com a quarta menor subida de preços na zona euro
Economia 01.09.2022
Inflação

Luxemburgo com a quarta menor subida de preços na zona euro

Inflação

Luxemburgo com a quarta menor subida de preços na zona euro

Foto: Ina Fassbender/AFP
Economia 01.09.2022
Inflação

Luxemburgo com a quarta menor subida de preços na zona euro

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Os países altamente dependentes do gás russo deverão ter as mais altas taxas de inflação em agosto.

A taxa de inflação anual na zona euro terá atingido os 9,1% no mês de agosto. Segundo as estimativas divulgadas pelo gabinete europeu de estatística, Eurostat, trata-se de um aumento em relação aos 8,9% registados em julho.

A subida dos preços de energia (+38,3%) continua a ser a principal razão do aumento da taxa de inflação. Quanto aos países, o Luxemburgo deverá atingir uma taxa anual de 8,6%, sendo o quarto Estado com a menor subida de preços.


Gás. Família de quatro pessoas poderá ter de pagar 6.000 euros por ano
"Cálculos teóricos" da Enovos apontam para um aumento na ordem dos 77% no Grão-Ducado.

As menores subidas foram registadas em França, com uma taxa de inflação de 6,5%, seguida por Malta (7,1%), Finlândia (7,6%) e Luxemburgo (8,6%).

No outro extremo, Estónia (25,2%), Lituânia (21,1%) e Letónia (20,8%), países altamente dependentes do gás russo, deverão ter as mais altas taxas de inflação.  

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas