Escolha as suas informações

'Klimabonus'. Governo apresenta novo apoio para facilitar transição ecológica e energética
Economia 2 min. 11.05.2022
Energia

'Klimabonus'. Governo apresenta novo apoio para facilitar transição ecológica e energética

Energia

'Klimabonus'. Governo apresenta novo apoio para facilitar transição ecológica e energética

Foto: Arquivo / LW
Economia 2 min. 11.05.2022
Energia

'Klimabonus'. Governo apresenta novo apoio para facilitar transição ecológica e energética

Maria MONTEIRO
Maria MONTEIRO
O Klimabonus é um conjunto de subsídios estatais que pretende facilitar a renovação energética dos bens de todas as famílias e combater as alterações climáticas através de soluções de habitação e mobilidade mais sustentáveis.

“O programa Klimabonus visa tornar as nossas casas mais eficientes em termos energéticos, facilitar a escolha de soluções de mobilidade sem emissões e permitir-nos gerir o nosso ambiente e florestas de forma responsável”, resumem os ministros do Ambiente, Clima e Desenvolvimento Sustentável, Energia e Habitação em comunicado conjunto.


Luxemburgo assina acordo de cooperação energética com seis países
O ministro da Energia reuniu-se esta quarta-feira com os homólogos da Bélgica, Holanda, Áustria, França, Alemanha e Suíça.

Joëlle Welfring, Claude Turmes e Henri Kox apresentaram na terça-feira os cinco eixos do novo programa: mobilidade sustentável; energias renováveis; proteção da biodiversidade; habitação sustentável; ajuda orientada para famílias de baixos rendimentos.

O Klimabonus simplifica o acesso a apoios estatais para projetos iniciados até ao final de 2025, nomeadamente a insulação ecológica de uma casa, desde que esta diga respeito a “um único elemento do envelope térmico de isolamento”, como telhado ou fachadas. O isolamento deverá ser feito com recurso a materiais “amigos do ambiente”. O programa pretende, também, reduzir a dependência dos combustíveis fósseis, nomeadamente com o abandono, a partir de 2024, dos subsídios para isolamento baseados nestes materiais. 

"A política climática é uma política social"

Paralelamente, será promovida a substituição de caldeiras antigas alimentadas a combustíveis fósseis por alternativas mais ecológicas como bombas de calor, caldeiras alimentadas a lenha ou aquecedores. Além disso, foi estabelecida uma nova ajuda adicional específica para a neutralização e reciclagem do tanque de óleo combustível derivado do petróleo.

“No contexto da atual crise energética, este é o momento ideal para propor soluções que nos permitam diminuir a nossa dependência dos combustíveis fósseis”, observou Claude Turmes, acrescentando que “as soluções técnicas para resolver os desafios da transição energética existem e tornam-se mais acessíveis com os apoios estatais”.


Differdange entre as 100 cidades da UE escolhidas para atingir neutralidade climática até 2030
A cidade representa o Luxemburgo neste projeto europeu que visa escolher uma centena de municípios da UE e mais 12 de países associados para liderarem projetos de inovação rumo à neutralidade climática e inteligência urbana.

O Klimabonus assume um cariz marcadamente social, podendo as famílias com menores rendimentos solicitar uma duplicação do subsídio atribuído.  Além disso, o programa vai introduzir uma bonificação de juros para empréstimos climáticos e um fundo obrigatório para condomínios. "A política climática é uma política social", reiterou o Ministro da Habitação.

Os três governantes aproveitaram a ocasião para revelar o novo site da Klima Agence, onde serão disponibilizadas mais informações sobre a transição ecológica e energética no Grão-Ducado e um simulador para subsídios estatais. A página pode ser consultada em www.klimabonus.lu.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.