Escolha as suas informações

Inflação no Luxemburgo recua para -0,4% em outubro
Economia 19.11.2020

Inflação no Luxemburgo recua para -0,4% em outubro

Inflação no Luxemburgo recua para -0,4% em outubro

Economia 19.11.2020

Inflação no Luxemburgo recua para -0,4% em outubro

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Os países com os maiores aumentos de preços na comparação entre outubro deste ano e o mesmo mês de 2019 foram a Polónia , a Hungria e a República Checa

A taxa de inflação no Luxemburgo recuou para -0,4% em outubro, face aos -0,3% de setembro e aos 0,8% em outubro do ano passado.

Segundo os dados divulgados ontem pelo gabinete europeu de estatística, Eurostat, a taxa de inflação anual recuou, em outubro, para os -0,3% na zona euro e os 0,3% na União Europeia face às taxas homólogas de 0,7% e 1,1%, mas mantendo-se estável na comparação com setembro.

Os países com os maiores aumentos de preços na comparação entre outubro deste ano e o mesmo mês de 2019 foram a Polónia (3,8%), a Hungria (3,0%) e a República Checa (2,9%). Já as maiores quebras foram registadas na Grécia (-2,0%), na Estónia (-1,7%) e na Irlanda (-1,6%).

Na zona euro, os preços da energia caíram 8,2% na comparação anual e os bens industriais não energéticos caíram 0,1%. Pelo contrário, os produtos alimentares não transformados subiram 4,3% e o preço dos serviços aumentou 0,4%.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

No Luxemburgo: Baixa nos preços afasta aumento salarial
Pela primeira vez desde Julho de 2009, a taxa de inflação no Luxemburgo foi negativa no mês de Dezembro. Os dados foram hoje publicados pelo STATEC,  e a confirmar-se a tendência o aumento dos salários, através da indexação automática, não deverá ocorrer este ano.