Escolha as suas informações

Indexação dos salários acionada a 1 de abril
Economia 30.03.2022 Do nosso arquivo online
Poder de compra

Indexação dos salários acionada a 1 de abril

Poder de compra

Indexação dos salários acionada a 1 de abril

Foto: Moritz Frankenberg/dpa
Economia 30.03.2022 Do nosso arquivo online
Poder de compra

Indexação dos salários acionada a 1 de abril

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Esta deverá ser a única indexação dos salários este ano, medida proposta pelo Governo para conter a escalada de preços da energia.

Os salários e pensões do Luxemburgo vão aumentar 2,5% a partir desta sexta-feira, 1 de abril. Esta poderá ser a única indexação dos salários deste ano, uma vez que o Governo tenciona adiar uma segunda possível indexação para 2023.

O aumento consiste numa adaptação dos vencimentos ao custo de vida, a chamada indexação dos salários à inflação. No caso do mês de março a taxa de inflação foi de 6,1%, o que levou o Instituto Nacional de Estatísticas (Statec) a anunciar o desencadeamento automático deste mecanismo para manter o poder de compra dos consumidores.


Onde pedir e quem tem direito ao subsídio de energia no Luxemburgo
Saiba como proceder para fazer o pedido e consulte a tabela para saber se o seu agregado familiar é elegível.

A indexação é acionada quando a taxa anual do índice dos preços no consumidor atinge um determinado patamar. Os resultados definitivos e detalhados do índice de preços serão publicados a 8 de abril. 

Segundo o pacote proposto pelo Governo para conter a escalada dos preços da energia, a indexação prevista pelo Statec para agosto de 2022 será, assim, adiada para 2023. O que significa que em 2022 só haverá um ajustamento dos salários e pensões, uma medida já defendida pelos empresários luxemburgueses e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).   

Segundo a RTL o sindicato OGBL também esta contra este adiamento. A União Luxemburguesa dos Consumidores (ULC) também já se manifestou contra.

  

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas