Escolha as suas informações

Impacto no preço dos bilhetes da TAP pode variar entre 3 e 25 euros
Economia 18.03.2022
Crise energética

Impacto no preço dos bilhetes da TAP pode variar entre 3 e 25 euros

Crise energética

Impacto no preço dos bilhetes da TAP pode variar entre 3 e 25 euros

Foto: DR
Economia 18.03.2022
Crise energética

Impacto no preço dos bilhetes da TAP pode variar entre 3 e 25 euros

Lusa
Lusa
A companhia aérea tinha anunciado que vai aumentar a sobretaxa de combustível devido à subida do preço do petróleo, indicando que "a curto prazo, é inevitável que os preços das viagens" subam.

A presidente executiva da TAP disse ontem, em Lisboa, que o impacto da subida da sobretaxa dos combustíveis nos bilhetes poderá representar um aumento entre três a 25 euros nos preços, consoante o destino da viagem.

“Decidimos ontem [quarta-feira] aumentar a taxa sobre o combustível perante um aumento significativo do preço dos combustíveis, sentido desde o início do ano. Estamos a acompanhar o mercado e os nossos concorrentes na Europa”, afirmou Christine Ourmières-Widener, que falava aos jornalistas na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), à margem de uma apresentação sobre as apostas da companhia para este verão.

Perante esta situação, a líder da TAP admitiu que se irá verificar um aumento no preço final dos bilhetes entre “três e 25 euros”.

Ourmières-Widener sublinhou que esta “não é uma decisão fácil” e que a companhia vai monitorizar o impacto desta decisão na procura, ressalvando que o aumento vai variar consoante os voos sejam de médio, longo ou curto curso.

“O intervalo será entre os três e os 25 euros”, reiterou.

Antes, a TAP tinha anunciado que vai aumentar a sobretaxa de combustível devido à subida do preço do petróleo, indicando que "a curto prazo, é inevitável que os preços das viagens" subam.

"Em consonância com outras grandes companhias aéreas, a TAP Air Portugal vai aumentar a taxa YQ (conhecida como taxa de combustível) devido ao aumento do preço do 'jetfuel' [combustível para aviação], um dos principais fatores de custo na aviação", referiu em comunicado hoje.

"Alguns analistas preveem para o setor da aviação um impacto 'extremo' causado por este aumento brutal do combustível, mas acredita-se que, a longo prazo, a situação poderá estabilizar. No entanto, a curto prazo, é inevitável que os preços das viagens aumentem", explicou ainda.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A partir desta sexta-feira, a gasolina está mais barata. A gasolina sem chumbo 95 vai passar a custar 1,116 euros por litro, o que significa uma baixa de 0.054 euros, enquanto a de 98 octanas vai custar 1,192 euros/litro, ou seja, uma redução de 0,056 euros.