Escolha as suas informações

ILR registou menos pedidos de mediação em 2019
Economia 30.07.2020

ILR registou menos pedidos de mediação em 2019

ILR registou menos pedidos de mediação em 2019

Economia 30.07.2020

ILR registou menos pedidos de mediação em 2019

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Pedidos foram referentes aos serviços de telecomunicações, energia e correios.

O serviço de mediação do Instituto de Regulação luxemburguês (ILR) recebeu no ano passado 124 pedidos de mediação, contra 129 pedidos em 2018, menos cinco pedidos. Os dados referentes a 2019 foram apresentados esta quarta-feira pelo instituto. 

A maioria dos pedidos, 101, diziam respeito a serviços de telecomunicações, 14 eram referentes ao setor da energia (eletricidade e gás natural) e nove pedidos diziam respeito aos serviços dos correios. No relatório, o ILR salienta que em 44% dos casos foi possível encontrar um acordo entre os consumidores e as empresas.

No setor da energia, o instituto regulação luxemburguês recebeu sobretudo queixas em relação à eletricidade. A maioria dos casos dizia respeito à faturação e à contagem gasta pelo consumidor, sendo que mais de metade dos litígios estavam ligados a problemas de instalação dos chamados "contadores inteligentes" (smart meters). Estes contadores transmitem dados sobre o consumo energético em tempo real. 

No setor dos correios, as queixas estavam relacionadas com a perda de pacotes de encomendas. Segundo o ILR, na maioria dos casos a compensação financeira não correspondia ao valor dos bens perdidos. Note-se ainda que nenhum profissional recorreu a este serviço para solucionar um litígio, sendo apenas consumidores a título privado que contactaram o regulador.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.