Escolha as suas informações

Há 5.018 hectares de terreno potencialmente urbanizáveis
Economia 2 min. 12.01.2022
Habitação

Há 5.018 hectares de terreno potencialmente urbanizáveis

Ces terrains urbanisables permettraient de créer 142.000 nouvelles unités de logement, pour environ 300.000 habitants.
Habitação

Há 5.018 hectares de terreno potencialmente urbanizáveis

Ces terrains urbanisables permettraient de créer 142.000 nouvelles unités de logement, pour environ 300.000 habitants.
Photo: Pierre Matgé
Economia 2 min. 12.01.2022
Habitação

Há 5.018 hectares de terreno potencialmente urbanizáveis

Simon Laurent MARTIN
Simon Laurent MARTIN
Qual é o futuro dos terrenos urbanos no Grão-Ducado? O debate foi lançado numa pergunta parlamentar. A ideia é saber se parte dos 5.018 hectares potencialmente disponíveis para urbanização poderia ser mobilizada a curto prazo.

É um eufemismo dizer que há muitos anos que existe uma crise habitacional no Luxemburgo. E esta bolha imobiliária parece estar longe de rebentar. Como resultado, continuam a surgir projetos de habitação em todo o país. O único problema é que a área de superfície do Grão-Ducado não é ilimitada. Segundo Mars Di Bartolomeo e Yves Cruchten (deputados do LSAP), um estudo mostra que o Luxemburgo tem atualmente 5.018 hectares de terrenos potencialmente urbanizáveis, dos quais 3.750 hectares são residenciais. 

Esses terrenos permitiriam a criação de 142.000 novas unidades habitacionais, para aproximadamente 300.000 habitantes. Assim, os deputados procuraram saber quantos destes hectares poderiam ser mobilizados imediatamente e para que percentagem destas parcelas poderia ser concedida autorização de planeamento de imediato, sem qualquer outro procedimento. "Dada a atual crise habitacional, quais são as razões pelas quais este potencial não está a ser mobilizado? ", questionaram os dois deputados socialistas numa pergunta parlamentar dirigida ao ministro da Habitação, Henri Kox.


Casal não quis pagar um milhão de euros e construiu a própria casa no Luxemburgo
Um casal no Luxemburgo não estava disposto a pagar um milhão de euros por uma habitação. Por isso decidiu construir a sua própria casa, com madeira e palha.

 Henri Kox (Déi Gréng) referiu que 419 hectares dos 5.018 hectares de terreno disponível, de todas as zonas combinadas, podem ser mobilizados imediatamente. 

"Tendo em conta apenas as zonas destinadas à habitação (3.732 hectares), ou seja, as zonas residenciais e mistas, e de acordo com as estimativas das comunas, serão desenvolvidos imediatamente 265 hectares", afirmou na sua resposta. "O terreno para o qual uma licença de construção poderia ser emitida imediatamente sem qualquer outro procedimento corresponde ao Baulücken [nota do editor: uma área não desenvolvida rodeada por parcelas construídas]. Dentro das zonas residenciais (isto é, zonas residenciais e mistas), foram identificados 618 hectares de Baulücken. Correspondem a 16,6% da área total designada para fins residenciais".

De acordo com estimativas feitas pelos municípios, 160 hectares do Baulücken podem ser construídos diretamente. Em suma, parece que o Luxemburgo irá aumentar o número de projetos imobiliários nos próximos meses. Mas, para os dois deputados, é importante que esta mobilização seja acelerada. No entanto, para o ministro, o incentivo orientado para o desenvolvimento urbano no centro das áreas mais urbanizadas só é possível se houver alternativas suficientes aos espaços verdes na orla das localidades. 


Jean-Michel Campanella, presidente da associação Mieterschutz Lu/Défense des Locataires.
"Parte da população continuará a empobrecer para encontrar alojamento"
Jean-Michel Campanella, presidente da associação Mieterschutz Lu/Défense des Locataires, afirma em entrevista ao Contacto que o drama da habitação no Luxemburgo não deverá mudar tão cedo.

De acordo com Henri Kox, o método "Raum+", que aumenta as reservas de edifícios na zona de construção em pelo menos 200 m2 , é uma das chaves para acelerar este processo. "Este método foi iniciado para ter uma visão coerente e digitalizada do potencial existente, mas também para sensibilizar os atores municipais e apoiá-los nos seus esforços para mobilizar mais ativamente esses terrenos a partir de agora. Com efeito, um melhor conhecimento dos obstáculos permite identificar melhor em conjunto as soluções a fornecer no futuro", concluiu.

Artigo traduzido pelo Contacto e publicado originalmente na edição francesa do Luxemburger Wort: "5.018 hectares de terrains potentiellement urbanisables"

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

São necessários 140 anos em Espanha, cerca de quatro gerações, para que uma família trabalhadora atinja os proveitos necessários para chegar ao rendimento médio desse país. Para aqueles que comentavam que provavelmente em Espanha o “elevador social” estaria avariado, um analista revelava que as únicas sociedades europeias em que esta ascensão social era mais rápida do que no estado espanhol era apenas nos países nórdicos. O que quer dizer que no resto da Europa são precisos muito mais do que 140 anos.