Escolha as suas informações

Guardian Luxguard ameaça cortar 201 postos de trabalho
Economia 13.08.2020

Guardian Luxguard ameaça cortar 201 postos de trabalho

Guardian Luxguard ameaça cortar 201 postos de trabalho

Foto: Guy Jallay
Economia 13.08.2020

Guardian Luxguard ameaça cortar 201 postos de trabalho

A OGBL já avisou que vai fazer tudo o que estiver ao alcance para evitar a sangria de postos de trabalho no fabricante norte-americano.

A Guardian Luxguard prepara-se para reduzir os 453 trabalhadores a praticamente metade. Depois da fusão das instalações de Dudelange e Bascharage, o fabricante norte-americano quer avançar para um plano social com 201 despedimentos.

A denúncia é da OGBL que, num comunicado enviados às redações, propõe, antes de mais a implementação de um plano de recuperação de emprego. 

Na nota intitulada "a luta continua", o sindicato relata que as delegações de pessoal foram informadas na quarta-feira de manhã que o conselho de administração da empresa prevê avançar com o programa de despedimento já no início de setembro.

Citado pela RTL, Alain Rolling da OGBL, está convencido que o objetivo da Gaurdian passa por fechar gradualmente ambas as instalações da empresa, a longo prazo. O dirigente sindical lamenta que nenhum dos ministros responsáveis tenha tomado uma posição de apoio nesta questão. "Sentimo-nos abandonados nesta luta contra um ator global", sintetiza. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Guardian assina plano de manutenção de emprego
Os diretores da fábrica de vidro Guardian Luxguard, o sindicato OGBL e a delegação dos trabalhadores assinaram ontem um plano de manutenção de emprego, com validade para 24 meses, revelou esta terça a central sindical em comunicado.