Escolha as suas informações

Grupo chinês Huawei despede 600 funcionários nos Estados Unidos
Economia 23.07.2019

Grupo chinês Huawei despede 600 funcionários nos Estados Unidos

Grupo chinês Huawei despede 600 funcionários nos Estados Unidos

Foto: AFP
Economia 23.07.2019

Grupo chinês Huawei despede 600 funcionários nos Estados Unidos

Washington acusa a Huawei de cooperar com o governo chinês e os seus serviços de inteligência e de representar um risco para a segurança nacional dos EUA.

 O grupo de telecomunicações chinês Huawei anunciou hoje que vai cortar mais de 600 postos de trabalho nos Estados Unidos, como consequência das restrições à venda de tecnologia impostas por Washington.

Os despedimentos ocorrerão na subsidiária Futurewei Technologies, que faz pesquisa e desenvolvimento e tem sede no Texas, segundo um comunicado da Huawei.

A Futurewei emprega mais de 750 pessoas, segundo a agência noticiosa Bloomberg. No total, a Huawei emprega mais de 180 mil pessoas, em 170 países.

"Decisões como esta nunca são fáceis", referiu a empresa.

Washington acusa a Huawei de cooperar com o governo chinês e os seus serviços de inteligência e de representar um risco para a segurança nacional dos EUA.

Em maio passado, o Presidente norte-americano, Donald Trump, colocou a Huawei numa lista negra de entidades às quais as empresas americanas não podem fornecer nem comprar produtos e serviços.

Lusa


Notícias relacionadas

China. Todas as empresas que obedecerem às sanções de Trump irão para uma lista negra
"As empresas, organizações e particulares estrangeiros que não obedecerem às regras do mercado, que se afastam do espírito de um contrato, que impõem embargos ou param de fornecer empresas chinesas por razões não comerciais e danificam gravemente os seus interesses e direitos legítimos serão colocados numa lista de entidades não confiáveis", disse o porta-voz do Ministério do Comércio da China, Gao Feng.