Escolha as suas informações

Grão-Ducado foi o quarto país onde os preços das casas mais subiram

Grão-Ducado foi o quarto país onde os preços das casas mais subiram

Foto:Guy Jallay
Economia 11.04.2019

Grão-Ducado foi o quarto país onde os preços das casas mais subiram

O aumento foi de 9,3% nos últimos três meses do ano.


O Luxemburgo foi o quarto país onde os preços das casas mais subiram no quarto trimestre do ano passado, face ao mesmo período de 2017.

De acordo com os dados do Eurostat, os preços aumentaram 9,3% nos últimos três meses de 2018. Acima, só a Eslovénia -  onde a subida ultrapassou os 18% - a Letónia e a República Checa. Houve outros países que registaram a mesma subida do que a verificada no Grão-Ducado. Assim, com uma subida de 9,3% estiveram também Portugal e a Holanda.

Este valor é mais do dobro do aumento médio verificado tanto na União Europeia como na zona euro, de 4,2%.

Só houve uma redução dos preços das casas num país europeu: Itália, onde os preços caíram 0,6%.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou, na semana passada, para o risco de uma queda abrupta dos preços da habitação e para os efeitos que isso poderia ter na economia.



Notícias relacionadas

Eurostat: Preços das casas sobem 5% no Luxemburgo
Há más notícias para quem quer comprar casa: os preços das casas continuam a subir no Luxemburgo. De acordo com o Eurostat, os preços subiram 5% no terceiro trimestre de 2017, face ao mesmo período de 2016.
Habitação: Preço das casas continua a aumentar
O preço das casas subiu 6,8% no Luxemburgo nos primeiros três meses do ano, face ao período homólogo de 2016, de acordo com o Eurostat. Este aumento representa uma subida acima das médias registadas para a zona euro e para a União europeia (UE).